terça-feira, 14 de agosto de 2018

Excelente leitura e reflexão de vida!


O Paraíso Recuperado

Esta grande experiência através da qual você está passando aqui é basicamente alcançar sua infância perdida novamente.
Quando digo “sua infância perdida”, quero dizer a sua inocência, os olhos cheios de curiosidade, que não sabem nada, que não possuem nada e, no entanto, sentem-se no topo do mundo. Aqueles momentos dourados de curiosidade, alegria, sem tensão, sem preocupação, sem ansiedade, têm de ser recuperados, redescobertos.
É claro que a segunda infância é muito mais valiosa e significativa do que a primeira. Na primeira, a inocência estava lá por causa da ignorância, de modo que não era pura e clara, e não era de possessão da criança, era apenas um fenômeno natural que acontece em toda infância. A segunda inocência é a maior conquista do adulto, pois não acontece de fato. A segunda inocência torna o adulto inocente sem ignorância, uma vez que vem através de todos os tipos de experiência. É madura, centrada, desenvolvida.
Você deve se achar abençoado por se sentir assim. A segunda infância é exatamente o significado existencial da meditação e, a partir daí, a grande peregrinação de volta para casa, de onde você nunca realmente saiu, pois é impossível sair, uma vez que a casa é você. Onde quer que vá, você vai se encontrar lá.
Há apenas um ser essencial em cada pessoa que estará em todo lugar com ela, sem qualquer condição. Mesmo que ela esteja no inferno, não importa, ele estará com ela; se estiver no céu, não importa, ele estará com ela.
Encontrar esse núcleo essencial do próprio ser é, por um lado, a inocência absoluta e, por outro lado, a maior sabedoria que já existiu na face da terra.
Portanto, o corpo da pessoa pode envelhecer, mas se ela aprende formas de permanecer em silêncio e em paz, meditativa e amorosa, ela não vai envelhecer. Vai continuar tão jovem e revigorada como as gotas de orvalho no amanhecer brilhando no belo nascer do sol, parecendo muito mais preciosa do que qualquer pérola.
As pessoas devem ficar felizes e alegrar-se com a própria infância. Isso foi o que Jesus quis dizer quando recomendou repetidas vezes: “A menos que nasça de novo...” Nem mesmo os cristãos pegaram o sentido dessa afirmação. Eles pensam literalmente que “a menos que nasça de novo” significa que, primeiro, a pessoa tem que morrer, para depois nascer novamente, no dia do juízo, Jesus vai levá-la para o paraíso. Este não é o sentido do homem.
O que ele diz é o seguinte: A menos que você morra agora como uma personalidade formada e reapareça como uma personalidade inocente, sem arranhões, sem estar corrompido pela sociedade e pelas pessoas... Esse é o seu novo nascimento, isso é ressurreição.

Osho – pg.: 153 – O Livro das Crianças

******************






sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Ser Pai


Sendo o Pai Nosso
Que está no céu,
Não há muito a dizer,
Pois o Pai está aqui
Ao nosso lado
Com suas raízes,
Querendo alçar voos.

Sendo o Pai nosso
Ainda que no céu...
Creio estar decepcionado
Com os filhos teus.
Usamos e abusamos
De todos os seus bens,
Herdados sem nenhum esforço...
Sequer temos a dignidade do cuidar.

Se assumirmos ser Pai,
Que o façamos
Com a dignidade,
Do olhar fixo e puro
De um filho teu,
Que perpetua na existência
O teu existir.

Honre “ser pai.”

Célia Rangel




quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Interiorização...


“Todo jardim começa com um sonho de amor.
Antes que qualquer árvore seja plantada
ou qualquer lago seja construído,
é preciso que as árvores e os lagos
tenham nascido dentro da alma.

Quem não tem jardins por dentro,
não planta jardins por fora
e nem passeia por eles”...

Rubem Alves

Resultado de imagem para jardim

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

O Dia Mais Belo: HOJE

O dia mais belo: hoje
A coisa mais fácil: errar
O maior obstáculo: o medo
O maior erro: o abandono
A raiz de todos os males: o egoísmo
A distração mais bela: o trabalho
A pior derrota: o desânimo
Os melhores professores: as crianças
A primeira necessidade: comunicar-se
O que traz felicidade: ser útil aos demais
O pior defeito: o mau humor
A pessoa mais perigosa: a mentirosa
O pior sentimento: o rancor
O presente mais belo: o perdão
O mais imprescindível: o lar
A rota mais rápida: o caminho certo
A sensação mais agradável: a paz interior
A maior proteção efetiva: o sorriso
O maior remédio: o otimismo
A maior satisfação: o dever cumprido
A força mais potente do mundo: a fé
As pessoas mais necessárias: os pais
A mais bela de todas as coisas: O AMOR!!!

Madre Tereza de Calcutá


Resultado de imagem para PERDÃO


segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Hilda Hilst


HILDA HILST

OBRA POÉTICA REUNIDA (1950-1996)

IV

Convém amar

O amor a rosa

E a mim que sou

Moça e formosa

Aos vossos olhos

E poderosa

Porque vos amo

Mais do que a mim.

Convém amar

Ainda que seja

Por um momento:

Brisa leve a

Princípio e seu

Breve momento

Também é jeito

De ser, do tempo.

Porque ai senhor

A vida é pouca:

Um bater de asa

Um só caminho

Da minha à vossa

Casa...

E depois, nada.



sábado, 4 de agosto de 2018

Abstraindo...


Se nos originamos de relações

Se fluidos geraram e alimentaram

Harmonizando fontes da vida embrionária à adulta

Limitando o eu, você e os outros

Na humana individualidade

O desfrutar da sabedoria não  faz o individuo sábio

Pois, todo equilíbrio vem do compasso da alma

Ao ouvir a voz do silêncio interior

Deixando aflorar a criança intuitiva no discernimento

De uma reação positiva sobre todas as formas de vida

Interligando amores e possibilidades de afetividade

No relacionar-se com autonomia

Vive-se a autêntica autoestima.


Célia Rangel