sábado, 18 de setembro de 2010

Essência

Depois de muitas lapidações... a essência da vida. Em Sua companhia... a entrega sutil e plena... A transformação... como vagalume a iluminar! Nas omissões e fracassos... o apoio Nas alegrias e sucessos... o agradecer. Há uma paixão pela vida, insubstituível! Tempestades jamais a abalaram. Demanda uma serenidade de fé, Que só a maturidade traz. Espalha-se com sabedoria, a vida E, recolhe-se o essencial para a mesma Que num crescendo atinge a simplicidade Colorindo a tela existencial com nuances transparentes Revelando intimidade para o divino encontro supremo... Nós e Ele! Célia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.