domingo, 24 de outubro de 2010

Provações

À medida em que adentramos o rio da vida vamos nos fortalecendo em suas margens, energizando-nos e retirando os supérfluos contornando os obstáculos premeditando... sonhando... Balancete geral imenso e um tanto drástico a cada ano de existência! Resultado muitas vezes doloroso... infértil... decepcionante... Pressão sufocante na busca de realizações! Ler o nosso interior... compreendê-lo... adaptá-lo às circunstâncias colorirmo-nos de um translúcido azul, ou de um rosa apaixonante? Acolher e cuidar do que caleja a alma sair sem rumo, sem destino apenas ir. Célia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.