segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Realidade

No silêncio do outro professamos confissões enterradas em vida. Monólogo sussurrado difícil balbuciado soa à falsidade. Que faltou para olho no olho dialogarmos? Interação ou cumplicidade? Penso que autenticidade de apenas ser amado e amar... Então, na temperatura do coração cremamos sentimentos. Célia

Um comentário:

  1. Sentimentos, colocar para fora, guardar, para que? Só arrependimentos depois. Beijos e parabéns!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.