sábado, 20 de novembro de 2010

União de Raças.

Minha consciência não tem cor. Ver, ouvir, pensar, desejar, ter responsabilidade, dignidade, honradez são valores sem cor que deveriam ser impressos em todas as raças. Tenho consciência da minha desinformação. Que por isso acata e se submete a outros valores: a esmola de “bolsas” e “cotas” distribuídas para sobrevivência de alguns e, alienação de muitos... Fica uma pergunta: Seus órgãos internos vitais têm cor? Sua alma... sua aura, até podem ter... Escolha a sua! Célia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.