segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Imensidão pulsante

Novas promessas acenam... Imensamente desfrutar da vida. Em toda a extensão de sua alma. Deixar aflorar sentimentos... Impossíveis de serem mensurados. A grandeza de caráter traçará caminhos. Mais um ano percorremos... Em encontros e desencontros, Ilusões e desilusões, Permitimos que fosse assim. Agora, é aceitar e concluir. Esperar o novo! Sempre com ares de esperança! Prontidão e ação para novas propostas... E ser feliz, mais nada... Construindo tijolinho por tijolinho, A tão decantada “felicidade”!

Célia

Um comentário:

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.