domingo, 5 de dezembro de 2010

Intimidade...

Expressar: Amores... Raivas... Alegrias... Afetos... Tristezas... Certezas... Incertezas... Desejos... Sonhos... Magias... Tornam-nos mais autênticos, humanamente divinos, Únicos diante de meigos olhares!
Não se permita castrar... Anule suas carências e deficiências. Não se transforme em objeto a ser consumido O homem é a sua casa... Construa-a ou reforme-a. Busque-a em seu interior...
Viva despretensiosamente e será muito mais feliz! Serenidade... Simplicidade... Moral ilibada... São os melhores alicerces para uma vida digna! Seja feliz! Célia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.