domingo, 12 de dezembro de 2010

Meu bom velhinho...

O Natal é diário E somos nós que o fazemos Ser mais colorido, iluminado, Poderoso, encantador, mágico... Ou, simplesmente uma hecatombe! Meu bom velhinho tinha lindos olhos azuis, Que penetravam em mim buscando minha reação. Não conseguia enganar meu Santa Claus! Meu bom e querido pai! Hoje, posso colocar meu sapatinho Atrás da porta da sala como fazia... Vai ficar cheinho de saudade, De lembranças da minha intimidade. Ficará recheado de sabores de amores Que se foram... Meu bom e querido velhinho! Meu pedido de hoje, não é para mim, É para que os corações se enterneçam... A mente despolua-se, Os valores e a dignidade humanos Sejam respeitados. Que a paz seja celebrada Dentro de cada ser. E, que em cada lar, Haja uma estrela guia, Norteando a sagrada família De todos nós! Meu sapatinho ficará esperando... Célia

Um comentário:

  1. Amei! Coitado do bom velhinho, a tarefa para ele hoje está mais difícil. Que a Sagrada Família olhe por nós! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.