quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Um passo de cada vez

Ao nascer, o aprendizado do andar Engatinha-se... Agarra-se em algo ou alguém... E, anda-se... Na vida, nosso percurso também é assim... No ciclo final também engatinhamos... Tateamos... Vacilamos... Mas sabemos que é preciso ir... E, vamos... Com um braço amigo ou bengala mesmo Chegamos... Na psique, também cambaleamos... Precisamos de bengalas psicológicas. E, somos felizes se as encontramos... Ai sim, prosseguimos... E, findamos nossos passos. Célia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.