segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Cantigas de roda

Minha trilha sonora na infância já me dizia muito! Só agora é que fui me dar conta das minhas brincadeiras com as cantigas de roda! E, o muito que elas me diziam, desde então!
“Aonde vai Maria... Oh! Mariazinha entrará na roda, ficará sozinha...”
“Ciranda, cirandinha... vamos todos cirandar... vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar... O anel que tu me destes era vidro e se quebrou... o amor que tu me tinhas era pouco e se acabou...”
“O cravo brigou com a rosa debaixo de uma sacada, o cravo saiu ferido e a rosa despedaçada”...
“O pião entrou na roda o pião... o pião entrou na roda o pião... roda pião... bambeia o pião...”
“A barata diz que tem sete saias de filó... É mentira da barata, ela tem é uma só...Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só”... “Quem quer casar com a senhora baratinha que tem fita no cabelo e dinheiro na caixinha”... “A canoa virou... Pois deixaram ela virar...Foi por causa de Maria... Que não soube remar...
Se eu fosse um peixinho... E soubesse nadar... Eu tirava a Maria... Do fundo do mar”... “Escravos de Jó jogavam caxangá... Tira, bota deixa o Zé Pereira ficar... Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue za”... “Eu sou pobre, pobre, pobre... De marré, marré, marré... Eu sou pobre, pobre, pobre...De marré desci... Eu sou rica, rica, rica... De marré, marré, marré... Eu sou rica, rica, rica... De marré desci”... “Samba Lelê está doente... Está com a cabeça quebrada... Samba Lelê precisava... De umas boas lambadas...Samba , samba, Samba ô Lelê... Pisa na barra da saia ô Lalá”... Assim... é a vida entre canções e sufocos vamos “como se fora brincadeira de roda” – composição de Gonzaguinha na voz da Elis Regina - ... A memória... o jogo do trabalho... o suor dos corpos... Magia! Que acaba nas lambadas da vida... do Samba Lelê... doente e fragilizado... Pueril e melancólico...
Célia ©Direitos Reservados

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.