sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Segredando

Um pequeno momento transborda de um olhar e nada mais.
Um retorno às origens... A cumplicidade de sempre...
A vida imitando o sonho.
Na aventura das suas asas, permito-me voar.
No enlaço do seu abraço, permito-me aconchegar.
No tom da sua fala, faço meu compasso...
E, sigo. Célia
©Direitos Reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.