quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Sempre...

Nas ondas do mar, Naveguei minhas ilusões. Nas ondas virtuais, Projetei uma vida nova. Na esfera sideral, Sonhei... No sábio tempo da espera, Fantasiei... O encontro desafiador De um novo dia. Anestesiei sentimentos. Um novo aprendizado... Um novo caminho... A realidade... Enfrentamentos diversos... Lapidação suprema! Vida, inteira... não pela metade! Renovação! Célia. ©Direitos Reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.