domingo, 27 de março de 2011

Minhas viagens

Vivo em dois mundos: o real e o imaginário.
O real mostra-me a pessoa que sou.
O imaginário ilude-me na transformação.
Gostaria de... é a minha luta interior...
Desobstruir meu caminho e como andarilha
Caminhar minha liberdade com a memória da alma.
Sem me importar com a chegada, apenas com o percurso.
Olhar as pessoas, com a luz interior, isenta de preconceitos.
Ah! Se eu pudesse desvendar os meus mistérios...
Seguir sem egos machucados, sem receios que me encolhem,
Cultivar sementes, aguardando a alquimia da renovação.
Revelar meus “eus” interiores... amando-me, aceitando-me,
Então, com o mundo nas mãos, recuperar em sonhos, a ilusão!
A viagem da vida continua...
Terá um porto de chegada para novas partidas...
Como bagagem, sustento espiritual,
Para a explosão de uma vida nova.
E assim, tudo recomeça.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.