domingo, 10 de abril de 2011

Sublime...

Olhos de verão
seguirão pelo outono
da vida
sem escalas.

E, no céu livre
voarão pelo infinito
de amar.

Nas estrelas
juntos, bem juntinhos
sentiremos a liberdade
das nossas asas.

Célia 

Um comentário:

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.