sábado, 2 de julho de 2011

Em pensamento

Tenho meus desejos

Mas sei que não os posso

Há muito perdi a luta

Rendo-me aos seus desvarios

E espero pacientemente

Silencio-me no ostracismo

Fito seus olhos que fogem dos meus

Um dia encontrar-se-ão

Que não seja tarde demais.

Célia

5 comentários:

  1. Continue poetando e se distraindo que esses pensamentos passam. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. Os nossos pensamentos adoram fazer castelos...mas temos que construir a esperança para derrubar esses muros e vencermos nossos desejos...
    Bjsssssssssssssssss minha amiga querida do dia a dia,rsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  3. Calma! Ele sabe sua hora, você é uma pessoa muito positiva, te admiro muito! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela visita, Célia! É uma alegria saber que uma educadora com sua formação gostou do meu texto. Parabéns pelo blog! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Nunca é tarde quando sincero, beijo Lisette.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.