quarta-feira, 20 de julho de 2011

Medidas






Olhar a estrada da vida e sentir-se feliz
Serenamente perceber-se de bem com você
Tudo feito a bom tempo e com felicidade
Como se pudesse medir a sabedoria de viver
Deixar-se invadir por uma paz radiante
Sensação completa que não pode ser tocada
Apenas sentida e acondicionada no íntimo
Entrega real na intensa proposta de vida
O amor: amar amando-se na ternura do existir.

Célia

7 comentários:

  1. Nem precisa de cell mesmo heheh..

    ótimo texto vocês tem uma personalidade incrível com seus textos muito bom :X

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo! Felicidade não é momentânea, é um estado de espírito! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Esse texto era tudo que eu precisava ler agora. Sorte minha. Obrigada, Célia!

    ResponderExcluir
  4. Estamos distantes e ao mesmo tempo tão perto..
    A amizade
    que nos une pode vencer todas as distâncias.
    Ela sim é mais forte que o tempo.
    No decorrer da nossa existencia se vacilamos
    em alguma coisa.
    Seus verdadeiros amigos estão ali sempre
    a seu lado mesmo se o Mundo conspire
    contra você.
    Hoje quero deixar um abraço através dessa telinha e dizer
    te amo linda amizade por tudo que representa na minha vida.
    Um beijo carinhoso,Evanir.
    Tem o presente na postagem.
    Amigos Para Sempre.

    ResponderExcluir
  5. Amigo é um só
    Não importa se tenho um ou cem
    Cada um,em cada momento,
    é especial...é único,
    Por isso minha amiga ,
    vim deixar um beijinho
    Pra você.
    FELIZ DIA DO AMIGO!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada amiga, desejo UM FELIZ DIA DO AMIGO! Um abraço da amiga blogueira, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. "Olhar a estrada da vida e sentir-se feliz"
    E na sabedoria de quem vive com a paz leva sempre consigo os braços e os abraços...
    Bjssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.