domingo, 21 de agosto de 2011

Intensa










Intensamente bela
de alma.

Intensamente bela
no amor.

Intensamente bela
no acolhimento.

Intensamente bela
na religiosidade.

Intensamente bela
na serenidade.

Intensamente bela
na sabedoria.

Intensamente bela
no equilíbrio.

Intensamente bela
no sorriso.

Intensamente bela
nas ações.

Intensamente bela
na autenticidade.

Intensamente bela
na vida.

Intensa em tudo
o que faz.
Assim, deveria ser
uma pessoa.

Célia

14 comentários:

  1. Célia eu a sinto assim uma pessoa intensa em seu existir pelo que você transmite da sua alma!

    Eu estou tentando me melhorar, ainda tenho muito que aprender para transmitir toda essa intensidade descrita no poema.

    Beijos no seu coração!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Célia.Concordo e acrescento.Na minha opinião, aliado à intensidade, deve haver sempre a sinceridade no nosso caminhar.
    Devemos ser pessoas intensas que se joguem com a alma em tudo o que fazem,e verdadeiras no pensar e agir.
    Um beijo grande, fique com Deus, e excelente gomingo!

    ResponderExcluir
  3. Que coisa linda Célia!
    Esse seu poema é intensamente belo e todas as pessoas deveriam ser assim: BELAS!
    PARABÉÉÉÉNS!

    Obrigada pelas palavras carinhosas no meu blog. Adoro sua visita... volte sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ah! Se houvesse mesmo tamanha intensidade, certamente não haveria tanto a se chorar, a se lamentar hoje em dia. Parabéns Célia. Muito bonito teu sobrenome rsrs

    Rangel

    ResponderExcluir
  5. Amém. que todas pessoas do mundo sejam assim.

    um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Um barco parado no cais de espera
    Amarras soltas do frio ferro
    Uma gaivota adormeceu sem penas
    Uma criança chora no meio do aterro

    Cheio de penas amarro a alma
    Uma saudade arrocha meu peito
    Sou um caçador de nuvens breves
    Um romântico sem ponta de jeito

    Um barco de papel perdido do norte
    Roseira plantada num campo de pedras nuas
    Uma casa perdida da sua cidade
    Um labirinto feito de mil e muitas ruas

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  7. Intensidade: esta é a palavra mais forte
    a ser transformada em ação humana! Você
    está mais que certa, Célia.
    Beijos
    Lúcia

    ResponderExcluir
  8. Oi, Célia! Ainda me falta bastante, mas, algum dia, eu chego lá. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Quisera que todos fôssemos intensamente assim. Mas sonhar náo custa, né? E você sonhou bonito, Célia. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite amiga!
    Lindo!

    Intensa em tudo
    o que faz.
    Assim, deveria ser
    uma pessoa.

    Concordo planamente!
    Pois assim com certeza tudo seria diferente!
    Obrigada pelo carinho de sua presença e seus lindos comentários, no meu cantinho!

    Tenha uma linda semana!
    Abraço Amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  11. Oi Célia,seríamos perfeitas,
    agradeço seu comentário e sua visita
    que é sempre bem vinda,beijos

    ResponderExcluir
  12. Tua presença é constante
    a saudade permanente;
    vejo-te nas estrelas
    sinto a tua luz...

    Marisa de Medeiros

    Amor & Paz prá voce! M@ria

    ResponderExcluir
  13. Célia querida,
    Acabei de fazer uma postagem. Vá lá e deixe seu comentário, viu?
    Beijosssssssss e tenha uma linda tarde!

    ResponderExcluir
  14. Boa noite minha amiga das letras!
    Vim aqui é como ir a uma biblioteca,sempre tive esse presentimento,por isso que te chamo amiga das letras.E vc nunca me perguntou o porquê.
    Sua poesia é tão intensa que chego a delirar nas palavras que me fascina ...
    Bjs enroladinhos de saudades!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.