domingo, 14 de agosto de 2011

Na maturidade...













Quero refletir com você, pai, sem pieguices, abraços ou palavras comuns... consumismos...

Veja, em parceria com o Criador, você, pai consciente do amor por Ele herdado, como criatura em êxtase gerou uma vida...

É até fácil! Prazeroso! Não se esqueça de que através Dele, você recebeu o dom da perpetuidade vivendo o seu paraíso, com sua Eva aqui e agora.

No entanto criar, cuidar, zelar, suprir, amar, orientar, ser presença e exemplo para esse novo ser, não é nada fácil!

Medite: que tipo de pai é você?

- reprodutor de belas espécies... ou,

- responsável pelo seu ato de amor?

Uma revisão de vida, de valores é sempre bem-vinda!

Seja feliz, não só hoje, mas por toda sua existência paterna... Não esqueça você também foi filho!

Que sua família seja sempre o lar que acolhe, abençoa, orienta e protege na intimidade de todos – o Amor de uma Sagrada Família – em seu sentido amplo!



Célia

7 comentários:

  1. Olá,

    Vim conhecer o seu espaço e te convidar para conhecer o meu também.

    Gostei muito do seu texto, excelente reflexão.

    Pena que muitos pais consideram a leitura e até mesmo a reflexão, algo desnecessário. Mas isso há de mudar. Vamos continuar nossa luta!

    Abs

    ResponderExcluir
  2. É isto aí amiga! Ser pai é participar! Parabéns aos papais! Deus os abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Célia querida,
    Esse seu texto é bem reflexivo...
    "- reprodutor de belas espécies..."
    Ser pai é participar sempre...
    Adoro tudo o que vc escreve, sou sua fã!
    Boa Noite!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. "- reprodutor de belas espécies... ou,
    - responsável pelo seu ato de amor?"

    Ser pai é fácil... basta amar e participar!
    Seu texto deveria ser lido p/todos os pais...
    pois é uma injeção de responsabilidade, amor e principalmente presença!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Uma interação e uma reflexão para os pais. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  6. Ainda bem que nem todos sao assim...apenas reprodutores.Certo que é minoria mas existe.
    E à grande maioria de irresponsáveis fica aí essa sua reflexão bem elaborada pra servir de exemplo.Bem escrito seu texto...Parabens!!!

    ResponderExcluir
  7. E estas reflexões são tão necessárias...
    Abraços

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.