sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Novos sons...







Minha alma flutua nesse som.
Seu piano me acalma,
faz vibrar as cordas do meu ser
que calmamente se desintegra
em profundo sonho!
E, se entrega em amor para você,
no desmanche de sentimentos
retiro notas, crio outras partituras...
Prelúdio de um romance que chega!
Encantamento e magia serenos,
no êxtase de uma sinfonia interrompida
que retorna em nova trilha sonora!

Célia.




7 comentários:

  1. Ah, o amor, sempre o amor a nos inspirar...
    *amor e sons*
    Lindo!
    Beijinho da Mery.

    ResponderExcluir
  2. Poema delicado e cheio de promessas, Célia! Gostei. Que as promessas se cumpram! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Como sempre digo: Amor lindo assim dá gosto! Beijos minha amiga apaixonada!

    ResponderExcluir
  4. CELIA

    HOJE venho deixar.
    Amizade e uma flor...

    Uma Flor ...ESPECIAL...




    A ti...
    Flor de porcelana...
    Que no meu jardim...
    Floria...
    E me deixava feliz...
    E que recordo...
    Com muita saudade...
    E deixo...
    Nestas linhas...
    Uma singela homenagem...
    À flor...
    Mais linda...
    Que Angola tem...
    E que o mundo já viu...

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  5. Oi minha querida amiga Célia. Maravilha. Ah, como é lindo o AMOR. Espero que estejas muito feliz. Um grande beijo. Tenha um ótimo final de semana. FIQUE COM DEUS.

    ResponderExcluir
  6. Um poema dissecando a música, gostei de ler. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. Belo alvorecer!
    Melodiosa carícia.As notas ainda adormecidas
    Repousam entre intervalos sublimes até chegar ao amor...
    Bjssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.