sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Obrigada!

Aprendi desde criança a agradecer!

Minha oração começava: “Papai do Céu, eu agradeço o papai, a mamãe, meu irmão, meu vô e minha vó, minha casa, meu quintal pra brincar”... e assim eu continuava sempre pelo fato do dia que mais tivesse me marcado.

 Fui vivendo e agradecendo sempre por tudo... “obrigada” pelas coisas mais simples, desde uma caneca de água, um prato de comida, até um vestido ou sapato novo...

A vida me ensinou que nada cai do céu. Há desafios para serem vencidos em um bom combate...  Mas o quanto é bom, confortável conjugar o verbo “conseguir” em todos os modos, tempos e pessoas!

Comecei este meu segundo blog, sem nenhuma pretensão. E, agora aqui me encontro agradecendo novos amigos que a mim se achegaram para lermos, trocarmos, opinarmos nossas produções descompromissadas de sucessos ou autorias de renome, mas com um grande compromisso – para mim, o maior deles – respeitarmo-nos enquanto seres humanos unidos em um mesmo caminho – o do amor pela vida sendo útil e realizando o bem para todos!

Isso é fantástico! Em nossas veias corre o mesmo tipo de sangue turbinado pelo vício das palavras orais ou escritas, lidas em silêncio em profunda meditação, ou pronunciadas por todos os que são ávidos da eterna busca do aprender a fazer juntos.

Certo vazio em minha vida tornou-se vazio fértil, expressão essa também aprendida com um grande poeta que me iniciou nos meandros poéticos!

Obrigada a todos e a cada um em particular. Não citarei nomes para não ser antiética ou  deselegante por tropeços memoriais.   

Sigamos... Até hoje!

Célia.


9 comentários:

  1. Minha amiga das letras!
    vc me dar sempre razão para te admirar sempre...até no ato do agradecimento vc é divina...com comportamento de quem sabe mais que qualquer...
    Bjssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Nós é qe agradecemos por nos congratular com o seu lindo blog! Bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Começo agradecendo pelas palavras lindas em meu blog. E engraçado como nos sentimos ligadas as pessoas que compartilham os mesmos pensamentos. tudo o que você escreve me agrada. Gosto da delicadeza e da força de cada palavra.
    parabéns.

    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Cèlia,

    Escrever é desnudar a alma!...


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  5. Querida Célia,
    Seu texto é bem real, eu também aprendi a agradecer sempre... Venho de uma família de fé.
    Admiro todas as pessoas que partilham, amam e se fazem gratidão..
    Adorei esse seu pensamento:
    "pelo vício das palavras orais ou escritas, lidas em silêncio em profunda meditação"
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Carinhosamente desejo a você
    um feliz final de semana.
    Creia você é muito importante para mim
    e lembre sempre.
    Deus não é nada do que você
    possa imaginar,ele é tudo que
    você pode amar sem medo.
    Bjs no seu coração,Evanir.
    Levando um pouco de você.
    E deixando um poco de Mim.

    ResponderExcluir
  7. Ajuda muito, não ajuda?

    Beijinhos e toca a continuar!...

    ResponderExcluir
  8. Eu que agradeço por poder desfrutar dos seus escritos, são lindos e inteligentes! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, Célia Querida...
    Já li vários comentários seus em vários blogs, sou observadora...talvez eu saiba desse "certo vazio em sua vida"...e acredito que foi o fazio mais irreparável. Mas, lendo que tudo que você escreveu sobre o agradecimento, veio o Fértil...a semente que Deus deixou em seu jardim....uma fertilidade não ao acaso, foi deixada ali para que você Você fertilizasse outros jardins, infelizmente, tão pobres de sentimentos nobres, tão esnobes e não agradecidos....
    Saiba, minha cara...que você andou por jardins tristes, anda muitas vezes, e todas as vezes renasce para o Novo, porque a Vida é esse Eterno renascimento, no olhar de um bebê, na voz de uma criança, na doçura de um amigo...
    Fibem bem, que estejas sempre iluminada.
    Um abraço apertado. Eu agradeço sua Amizade.
    Sandra.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.