terça-feira, 6 de setembro de 2011

Água e Fogo











Você, água.
Eu, fogo.
Você apaga.
Eu acendo.

Você limpa, germina.
Eu queimo, mato.
Você colhe, acolhe.
Eu destruo, afugento.

Contrapontos diversos,
Difusos, confusos,
No amor e no ódio,
Completam-se.

Busco seu exemplo.
Olho em seu espelho,
Reflete-me você
Puro, nobre.

Na tranquilidade de uma pessoa
A existência de duas!
Na consagração de duas pessoas,
A existência de uma terceira.

Célia

15 comentários:

  1. Lindo poema de duas pessoas que se completam em todos os sentidos! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que poema forte! Começa como um duelo e depois vai esmaecendo até a tranquilidade. Muito lindo
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Célia querida!
    Realmente o que nos completa não é oque nos falta, mas nos acrescenta e transborda em frutos. Sabores? Só os provando!
    Cada comentário seu me dá a certeza da semelhança do nosso viés ideológico, bem como depois dele (comentário) repenso o que escrevi, se escreve de novo, seria diferente, seria melhor, com seus preciosos acréscimos em forma de reflexão.
    Obrigado querida amiga (rosa)Célia !
    Sigamos!!
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  4. Célia, isso é um verdadeiro amor!
    Parabéns pelo seu poema. E contnue a amar com esse fôlego.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Celia,
    perfeita cinergia entre a água e o fogo, só o amor é capaz de permitir tamanha perfeição em versos.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Agora não serão mais dois, serão três. Um poema gracioso. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  7. Quanta diferença! A água e fogo ambos essenciais, podemos até vivermos sem fogo, porém nunca sem água. Lindo o poema!

    Quero agradecer pelo excelente comentário fazendo uma análise do texto diante do que foi exposto. Espero poder contar sempre com seus comentários. Estou te seguindo.

    Um afetuoso abraço

    ResponderExcluir
  8. (rosa) Célia instigadora e provocante!
    Obrigado minha linda e feliz "dolce far niente" pra ti também!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Setembro chegou é o mês que eu nasci.
    para encantar a vida dos meus pais.
    Era tão lindo meu aniversário
    minha mãe fazia aniversário um dia depois de mim.
    Hoje sinto tristeza nessa época mais também agradeço
    a Deus por mais um ano de vida.
    Dói a saudade mesmo sabendo que hoje
    ela mora com Deus.
    Sentembro é para mim o mês mais lindo do ano
    tudo porque é meu aniversário.
    Setembro chegou e com ele a primavera
    com seu perfume suave das flores.
    Uma feliz quarta feira.
    Beijos com perfume das flores angelicais.
    Evanir

    ResponderExcluir
  10. Célia,
    Você tem toda razão quando diz que:
    "Na consagração de duas pessoas,
    A existência de uma terceira."
    Parabéns pelo poema,muito lindoooo!
    Beijos e fique com DEUS!!!

    ResponderExcluir
  11. Vi teu comentário no Blog da Juju e passei por aqui para conhecer teu Blog.Identifiquei-me prontamente contigo.Já me instalei.Vim, gostei e voltarei sempre.Lindo teu poema! Os diferentes é que se atraem.Fogo e água dão uma bela composição. Bom feriado.Um forte abraço Eloah

    ResponderExcluir
  12. Oieee!!!

    Estou aqui para te convidar a fazer parte do clube dos novos autores, concorrendo a sorteios de livros todos os meses, desses meninos talentosos que estão no anonimato e precisam de nós para mostrar ao mundo a sua escrita!
    Dia 10/09 serão 16 livros.
    Siga o blog, comente - eu quero participar da promoção, e divida conosco este sonho, que agora é nosso!
    Um super beijo e te espero lá! precisamos de você e de todo mundo com a gente, expandindo a literatura brasileira em uma País que não lê! AVANTE
    Adriana

    ResponderExcluir
  13. Querida amiga
    Especialmente hoje eu vim agradecer o seu carinho e apoio ao meu trabalho!
    Muito Obrigado de todo o coração!
    Abraço muito amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  14. Essa água, nunca apaga esse fogo,
    a "química" se deu, para sempre...parece!
    Lindo,completo,perfeito! É amor,tranquilo!
    Beijos
    Lúcia

    ResponderExcluir
  15. Boa noite amiga das letras!
    poesia gostosa de ler essa integração dita em versos lindos demais.
    Você no mundo e o mundo em você.
    Na soma dos quatro elementos:
    Água,eu, fogo,voçê.
    Tudo na natureza me leva assim a pensar.
    bjssssssssssss

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.