sábado, 10 de setembro de 2011

Passatempo














Hoje eu quero brincar
"Parque de diversões"
é a minha vida.

Na roda gigante flutuo
ora por cima, ora por baixo
como na vida.

No carrossel da minha imaginação
galopo cavalinhos
pura magia.

Na montanha russa
de cabeça pra baixo
avalio minha insanidade.

Na área radical
salto de paraquedas
minhas dificuldades.

No toboágua
purifico
minhas desilusões.

As delícias da alegria
deslizo
no tobogã.

Na piscina de ondas
embalo
meus amores.

Entro no castelo
cinderela
nem príncipe, nem sapo!

Sigo na mini pista
em meu carrinho
e projeto novos caminhos.

Quer brincar comigo?

Célia.

20 comentários:

  1. Vamos brincar, sem medo de parecermos crianças u.u

    Amei seu blog, ti sigo.

    Bejus
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Um convite muito simpático para adultos e crianças! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  3. Célia querida!
    Quanta leveza no seu blog... mesmo eu sendo jovem, sua poesia me trouxe uma doce nostalgia!Vontade de voltar a ser criança...
    Desculpa a visita atrasada. Estou passando pra te pedir seu email. Mãe escreveu um recado pra ti faz uns dias e não tive condições de enviar em seguida. Mas quero fazê-lo quanto antes. Sempre que possível, passaremos por aqui para tentar retribuir (algo difícil diante da sua dedicação)todo o carinho e atenção que tem conosco. Todas as palavras de gratidão e doçura não pagam o bem que nos faz! Aguardo teu email. Um abraço apertado!
    Tainá.

    ResponderExcluir
  4. Um poema tão colorido quanto a sua proposta! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Minha linda amiga das letras!
    Minha festa restou tantos elogios que quase não vinha mais te visitar,hj amanheceu o dia em 125 comentários.Particularmente atingi recorde,e vc é responsável por isso,pois me acompanhas diariamente,te sou grata minha linda,do fundo do meu coração...
    Voltarei para fazer comentários dos seus posts,me aguarde...
    bom domingo!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Célia querida

    Que delícia brincar de viver.

    Beijos e uma semana cheia de amor e paz.
    Ani

    ResponderExcluir
  7. Quem me dera! Mas não o fazemos constantemente?!
    Boa semana para si - e continue a brincar... Seus alunos vão agradecer.

    ResponderExcluir
  8. Ai quero sim! Que delícia podermos resolver nossos problemas assim!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Célia,

    Aceito a brincadeira! Principalmente com esse poema gostoso de ler e colorido como a vida deve ser!

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Boa noite minha querida amiga das letras!
    Precisamos mostrar nosso lado criança antes que o homem cresça...
    Vc anda superando a cada post.Quando começei a fazer comentários dos teus post,tinha outro seguimento,hj vejo que mudou totalmente...mas prá melhor.Tenhe crescido muito sua literatura...aplausos.
    Eu gosto de ver o crescimento das pessoas intelectualmente.
    bjs de boa noite!

    ResponderExcluir
  11. Célia, bom dia!
    Minha querida, precisamos despertar sempre a nossa criança aquietada em nós!
    Brincar com você é um convite irrecusável!
    Obrigado pela aceitação d presente, beijo na alma!

    PS Lhe enviei um e-mail pelo contato do seu perfil, se puder me responda com uma certa urgência.

    ResponderExcluir
  12. Que lindo Celia,
    é como se eu voltasse a ser criança e passeasse contigo. As cores das estrofes e, sobretudo, so seu coração pintanto cada brinquedo. Fascinante.
    Parabéns!
    Quero uma semana de sorrisos para você!

    ResponderExcluir
  13. Sensacional parque de diversões, Célia. Brinquemos, pois. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Célia! Com esse poema, você mudou meu jeito de ver os parques de diversões. Sempre gostei deles, mas agora ficaram mais bonitos e significativos. Obrigada! Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Cheguei! Quero brincar de ciranda, cirandinha! Pique-esconde e pula- corda até as pernas pedirem cama, então eu durmo com os meus pés sujos, meu corpo suado, e na madrugada chamo por alguém para me trazer um copo d'água. Melhor água ja bebida na vida.
    Gostei da brincadeira. Vamos de amarelinha amanhã?

    Rita Lavoyer

    ResponderExcluir
  16. Oi, Célia...que Lindo!
    Adorei as metáforas...já vi tantos Poemas...mas nunca um que metaforizasse o parque de diversões à vida...demais!
    Um abraço carinhso,

    Sapatinhos da Dorothy

    ResponderExcluir
  17. Célia

    Só hoje vim aqui.
    Não por "desleixo" mas porque a nossa amiga blogueira Lindalva veio do Brasil e foi um prazer recebê-la e estarmos juntas.

    hoje tranquilamente
    sento deixo um beijo e poesia...


    OLHAR


    Olhar doce...
    Dá segurança...
    Olhar meigo...
    Ajuda a superar...
    A vida...
    A tristeza...
    A solidão...
    Mas...
    Ao ver os olhos...
    De verdade...
    E de Amor...
    Sentimos...
    Que os olhos...
    São mesmo...
    O espelho da alma...

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  18. "... E descobri que não tenho um dia-a-dia.
    É uma vida-a-vida. E que a vida é
    sobrenatural."

    Clarice Lispector

    Beijos & Flores! M@ria

    ResponderExcluir
  19. Oi Célia linda!!!
    Sim quero brincar contigo!
    Que delicia de poema!
    Que leveza de alma!
    Senti em ti que há mesmo muito em comum entre nós que é viver!
    Curta a vida que a vida é curta!
    Estou aqui agradecendo seu comentario, sua visita, e sua linda companhia!!!
    Abraços!!!
    Ivone poemas
    henristo.blogspot.com

    Meus blogs:"poemas sem peias" e "levitar em brancas nuvens"

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.