terça-feira, 20 de setembro de 2011

Primavera




Plantei minha primavera.
Hoje, apenas colho lindas flores
e, podo as ervas daninhas.


Enfeito-me toda na simplicidade
do fazer nunca negado,
sempre regado de mais e mais.


Diversidade em meu jardim,
existência florida de amor intenso
guardo o perfume de muitas primaveras...


Desligo meu dvd e, continuo o filme...
Na realidade de uma mulher amada
que a vida me deu o script pronto,
apenas desempenho papéis...
Divinamente!


Nova primavera colherei.
Novas fragâncias extraídas
do humano em que me transformei,
cortando podres raízes no cultivo diário
da minha persona.

Célia

17 comentários:

  1. Célia, amiga querida, que "Primavera" mais cheia de encanto e simplicidade ao mesmo tempo.
    Que delícia é a gente crer no que virá, e de dentro de nós trazer recordações, aprendizagem e lindas colheitas.

    Amei a magia de suas palavras.

    Beijos com carinho no teu ♥

    ResponderExcluir
  2. Lindíssimos versos em louvar a estação mais linda e perfumada, as das flores!!!
    Abraços, adorei seus versos desse lindo poema!!!
    Ivone poemas
    henristo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Bela Primavera! Que esta e todas as primaveras a virem te sejam leves, perfumadas e brilhantes. Tu mereces.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Vamos plantar né amiga? Só assim colheremos flores lindas e coloridas para enfeitar nossa vida. Belo poema! Beijos

    ResponderExcluir
  5. A primavera vem com poesia de flores, abraços

    ResponderExcluir
  6. Que lindo, amiga!
    Semear, colher, cuidar... assim é a nossa caminhada. Que possamos sempre colher flores perfumadas e regadas com o amor existente em nossas palavras e atitudes!
    Que Deus faça brilhar em sua vida, as cores de um doce e meigo jardim!
    Saiba que o seu carinho perfuma a minha jornada!
    Abraços perfumados,
    Angela

    ResponderExcluir
  7. A primavera impõe que desliguemos o "Deve de...", o dever e o fazer ficam mais bonitos, deixemos o jardim bem cuidado, podado e sem ervas daninhas. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  8. Belos versos Célia!

    Que bom, quando descobrimos que podemos fazer florescer primaveras na alma, podando daninha ervas e dinamizando a florada do bem.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  9. Célia,
    Tem um selinho lá no meu blog para você.
    http://euprecisotecontar.blogspot.com/p/carinhos-recebidos.html
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Há que podar sempre as ervas daninhas, embora eu penso que uma rosa bonita como esta, não há ervas daninhas que a possam destruir, mas a Primavera é mais bonita sem elas.

    Beijinho,

    ResponderExcluir
  11. Poema brilhante! Gostei demais, Célia. Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Que lindo Célia


    Na vida sempre colhemos o que plantamos e plantando lindas flores nas mais lindas primaveras, com certeza colheremos os mais cheirosos perfumes...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  13. célia




    apenas poesia
    apenas a preocupação
    de um mundo melhor
    apenas Um dia mais.




    UM DIA MAIS


    Mais um dia
    Um dia diferente
    Mais igual
    Queria fazer tanto...
    E não faço nada
    Queria partilhar
    E nada partilho
    E o mundo...
    Assusta-me...
    Sinto que ao meu redor
    Tanto se sofre...
    E gostava...
    De ter uma varinha
    Varinha de condão...
    E ver toda a gente a sorrir...
    Mas quero...
    Penso...
    E sonho...
    E vem a realidade...
    Acordo e...
    Foi apenas mais um dia...
    E o amanhã continua igual!...

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  14. Sobre primavera...lindo!
    O semear,o colher...é tudo que um ser do bem pode querer!

    Deixou dito Cecília Meireles::"Aprendi com a primavera a me deixar cortar e voltar sempre inteira"...

    ResponderExcluir
  15. Bom alvorecer amiga das letras!
    foi uma surpresa ter vc como primeira comentarista no meu cantinho quando estamos comemorando a partida do inverno...
    Sei que vc é uma amiga fiel,da qual fico orgulhosa;daqui eu levo literatura para enriquecer minhas escritas.
    Setembro me dar o direito de ser todas as estações do ano,da qual renasço com vc nesta primavera...com serenidade e paz...
    Bjs para aquecer tua primavera !

    ResponderExcluir
  16. Bom dia!

    Não conhecia o blog.

    Achei-o interessante e variado.

    Saudações poéticas.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.