sábado, 24 de setembro de 2011

Venda












(Imagem: Google)

De repente uma viseira.
Total cegueira íntima...
Não querer se confrontar!
Fingir e viver na aceitação
é prostituir-se por inteiro.
Prometer vida,
ao nascer do sol
e, morrer ao crepúsculo,
é entregar-se à letargia da submissão.

Um ser onipresente
é princípio da divindade.
Determinando sua jornada
mesmo com alteração do script,
enfrente com sua inteligência.
A solução é seguir.
Mesmo sem escolhas,
a altivez e a persistência
nortearão o sentido da nova direção.

Célia

17 comentários:

  1. Célia querida, tenho feito uso dessa viseira, por medo de me confrontar.
    Você mexeu demais com meu interior com essas suas palavras.
    É minha amiga, preciso te "ouvir"!!!
    E que eu consiga me nortear nessa minha caminhada.

    Um beijo enorme no teu coração.
    Tenha uma noite de paz e um domingo de muitas alegrias.

    ResponderExcluir
  2. Da cegueira de fingir e não querer se confrontar...&
    No fim de tudo...mesmo sem escolhas, a altivez e a persistência nortearão o sentido da nova direção.
    És uma poeta!
    Parabéns!
    bjusss Mery*

    ResponderExcluir
  3. É não adianta colocar viseira, seja como for nossa realidade temos que enfrentar sem subterfúgios, pois foi isto que o Criador nos reservou. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, querida amiga Célia.

    A venda só retarda o enfrentamento que se fará no peito ou na raça, lá adiante.

    Muito obrigada pela sua visita, e pelo comentário enriquecedor.

    Tenha uma linda semana de paz.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu não cultivo palavras...
    Prefiro semeá-las feito flores.
    Quem sabe te embriaguem
    num instante qualquer.

    (Sirlei L. Passolongo)

    Feliz Domingo e beijos meus! M@ria

    ResponderExcluir
  6. Oi Célia,

    Que linda reflexão!

    Fingir e viver na aceitação, é prostituir-se por inteiro.

    Lindo e verdadeiro! Uma triste realidade que acontece silenciosamente com muitas pessoas ao nosso redor.

    Beijos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  7. Bommmmmmmmm domingoooooooooooo !!!!!!!!!!!!
    Nossa que domingo mais rico ao lado da minha amiga das letras.Valeu querida.
    Reflexão forte...fortissima...ainda é seguela dos dias vividos de inocência...mas que a realidade nos mostra sempre,basta tirar a viseira que tudo ficaclaro e transparente...
    Gostei mais uma vez dessa realidade escrita em palavras sábias.
    Bom domingo!

    ResponderExcluir
  8. Célia

    Será bom, muito bom, tirar-se a venda e ler o que o coração nos diz; depois, é só seguir o Guião.

    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  9. A submissão é letárgica, gostei da sua conclusão e de seguir com a persistência. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  10. A solução é seguir.
    Mesmo sem escolhas,
    a altivez e a persistência
    nortearão o sentido da nova direção.

    E assim eu vou seguindo em frente Célia...

    Desejo-lhe uma semana abençoada com muitas alegrias!

    ResponderExcluir
  11. Seguir sempre, eis nossa missão! Apesar das dificuldades, caminhar com olhar no horizonte e com a esperança no coração!
    Deus será sempre nosso companheiro na jornada!
    Beijinhos de luz,
    Angela

    ResponderExcluir
  12. Marcelo Sguassábia26 de setembro de 2011 12:51

    Olhos abertos pra vida e o que ela tem de mágico: o caminho é esse mesmo, Célia. Bela e motivadora mensagem!
    PS: segui seu conselho e retirei a marca "Hellmann's" do post de ontem. Mesmo sendo obra de ficção, melhor prevenir...
    Um beijo pra você.

    ResponderExcluir
  13. Célia, tem muita sabedoria nos seus versos. Sorte de quem lê e aproveita. Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Célia querida, volto aqui porque traduzi o lindo poema da Noris e a coloquei entre os comentários. Fiz pensando em você, agradeço a sugestão. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  15. Oi Célia querida

    Que poesia mais linda!!!

    "Mesmo sem escolhas,a altivez e a persistência
    nortearão o sentido da nova direção."

    Bom a gente ter essa certeza e confiança...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  16. Enfrentar a alteração do script com dignidade...
    Muito sábio!! Abraço

    ResponderExcluir
  17. Bom dia Célia!

    De fato, carecemos arrancar as vendas e encarar a vida. Dar um basta em nossas pueris e inúteis fugas. Fora da realidade não há salvação.

    Obrigado pelas visitas e comentários no A arte da vida.

    Um abração.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.