terça-feira, 11 de outubro de 2011

Metamorfosear









Com tempo livre vivo somente o amorosamente gratificante.
A pureza de coração resplandece em pensamentos,
já extirpada da obrigatória máquina produtiva da civilização,
busco na intimidade dos meus hábitos e prazeres, sem máscaras,
a magia de viver simplesmente pelo ato da vida.


Introspectivamente curvo –me sobre mim e me revelo:
apta a ser e a renascer a cada novo dia, nova chance,
na incessante busca da paz interior sem medos ou culpas.


Minha intimidade devassada e minha fraqueza concebida,
em mutação sempre, sem ignorar minha essência,
adapto-me a novos tempos, novas esperanças, novas assimilações.


Transito em meu ser com passagem livre para transformações.
Sigo o voo da águia!
Jogar fora o bico velho, arrancar as velhas penas, e recomeçar.
Época de metamorfose!



Célia




18 comentários:

  1. Oi, Célia! Belo texto! Feliz de quem consegue renovar-se. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Célia, fico feliz quando leio os seus textos. Sempre algo de bom, de positivo e também a seguir. Um forte abraço, um ótimo dia das crianças para todos nós.
    Ivana

    ResponderExcluir
  3. Olá Célia,
    Vim dar "uma espiadinha" e tomei a liberdade de me instalar neste seu aconchegante espaço.

    Um belo texto! O ato da renovação é necessário.
    É uma tarefa que exige vontade e determinação, conforme o exemplo da águia.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Célia, vim te conhecer e fiquei encantada com seu blog...que profundas e tocantes suas palavras... com toda certeza queiramos ou não, estamos sempre mudando, passando por metarmorfoses em nossas vidas e eu acho isso maravilhoso, um ato de coragem em se aventurar pelo novo, em ampliar horizontes...sempre...
    Tenha uma linda tarde...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Célia. As mudanças são necessárias, nem sempre fáceis, porém um grito muitas vezes.
    Com ela aprendemos facetas da nossa personalidade que não considerávamos.
    É preciso ter coragem, muita coragem, pois o novo sempre nos deixa ansiosos na maioria das vezes.
    Que a essência permaneça em nós, mas que permitamos a novidade acontecer sem danos maiores, pois pode ser algo bom para nós, que vez em quando não enxergamos por causa da acomodação!
    Boa sorte para todos nós!
    Um beijo grande, excelente semana, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  6. Célia, a iniciativa da auto-transformação e também a adequação no que não se pode mudar, é o melhor caminho para se viver bem!

    Abraço, Suzete

    ResponderExcluir
  7. Ai que lindo post Célia!Você que me visita sempre e me dá imenso prazer sabe o que penso de viver bem e renovar para melhorar!
    Sempre vivendo livre, solta, sem amarras, isso sim é que é ser feliz!!!
    Fico imensamente feliz quando percebo a felicidade das pessoas, mesmo porque a gente não pode fazer muito uns pelos outros a não ser ouvir, trocar ideias, amar e desejar o bem!
    Abraços minha linda amiga, que tudo isso que escreveste seja sempre algo de bom seu para quem sabe ajudar alguém, pois só ajudamos assim, nos expondo!!!
    Ivone

    ResponderExcluir
  8. Mesmo alguem que aparentemente é estático, acredito estar em plena evolução, abraços

    ResponderExcluir
  9. A cada novo dia, uma nova chance nos é dada por Deus, bonito de ler. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  10. Poema em jeito de reflecção,

    com nexo... e jeito!


    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia minha amiga das letras !
    Demorei a vim aqui,pq estava tão fascinada com esse vendaval de comentários que fizeram a meu favor no blog da Emiliana e no meu tbm.Por conta da minha história de vida...nosa!Como foi emocionante,e eu nem me dei conta na hr de me expor,respondi o ping pong com tanta naturalidade,que parecia que estava comentando para as pessoas do meu círculo e não para os amigos virtuais.Mas hj vejo que não faz muita diferença,na convivência do dia a dia vamos nos indentificando e conhecendo mais e mais os amigos...e na hr das decepsições já conhecemos um pouco com quem estamos lidando.
    Vc fez um comentário muito rico a meu respeito,como já conhecesse de muito tempo.Mas tbm tenho essa sensaçao entre eu e vc,é como já fossemos amigas de muito tempo...mas não vamos nos aprofundar nisso agora,kkkkkkkk,estou aquipara agradecer por todas as visitas que me fazes,que me faz tanto bem,e desejo que cada dia,eu possa crescer espiritualmente e intectualmente,para ultrapassar todas as barreiras que a vida nos mostra.
    Texto cheio de sabedoria,daqui podemos colher muitas inspirações...mas já sei que vc é divina nas escolhas dos textos...aplausos...
    Arranca essa criança que existe dentro de ti para viver o dia de hj.kkkkkkk
    bjs de dia feliz!

    ResponderExcluir
  12. Um mimo para você compartilhar no www.arteseescritas.blogspot.com Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  13. Sigamos pois o voo da àguia...""Arranquemos todas as nossas penas velhas e recomecemos..."Sigamos em frente, sem olhar para trás...
    Lindo texto! Gostei mesmo muito.

    ResponderExcluir
  14. Olá, Célia
    Começarei por agradecer a sua visita e pedir desculpas por só hoje vir retribuir. Ontem estive umas 4 ou 5 horas sem Net, e hoje também já faltou 3 ou 4 vezes, mas por períodos pequenos, felizmente. É muito raro aqui, na minha cidade, haver problemas com a Net, mas às vezes acontece... São as obras...

    Achei muito bom o seu post acerca das 10 coisas de que não gosta. As respostas estão muito bem ilustradas, que é, afinal, a maior dificuldade do desafio. Dizer do que não se gosta é fácil; fazê-lo através de imagens complica um pouquinho...

    Este seu último post também está muito bem.
    Uma transformação, de vez em quando, é necessária. Pois se até as cobras mudam a pele :))) Tudo muda, nós também. Só o que é preciso é que a mudança seja para melhor, como acredito que aconteça com vc.

    Uma semana feliz. Beijinhos

    PS - Fiz-me sua seguidora, e voltarei sempre que possível.

    ResponderExcluir
  15. Depois das intempéries, precisamos fazer como as águias, revestirmos do novo, para não morrermos. Beijos

    ResponderExcluir
  16. Tão necessário e ao mesmo tempo difícil 'metamorforsearmos'.
    "Jogar fora o bico velho", adaptar-se aos novos tempos, às intempéries e às necessidades dos outros...Renovar para viver...e intensamente.
    muitos beijos

    ResponderExcluir
  17. hora de metamorfosear pela vida.
    Sim, também sigo nesta busca...

    Um abraço.

    Beth

    ResponderExcluir
  18. Bom dia Célia minha querida

    Primeiro vim te agradecer as visitas que eu tanto amo lá no meu cantinho, depois dizer que adoro estar aqui também...

    "Recomeçar" Adoro essa palavra, e quando ela está tão bem colocada em um verso teu fica ainda mais bonita.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.