sábado, 10 de março de 2012

Nova versão!

















Branca de neve chegou no infernódromo
e não se sentiu nada confortável.

Os anõezinhos num “sinsalabim”
tornaram-se autênticos mascotinhos do rubro,
aquele que solta fogo pelas ventas.

E, o convite era para viver no paraíso!

Que roubada!

Ela era fina, moça educada,
estudada, cuidava da estética e da cultura.

Jamais sonhava que um dia seria contaminada
por microrganismos contagiantes de difícil extermínio.

Ela olhava de um lado para outro em busca de uma saída,
mas embrenhava-se cada vez mais nas labaredas do rubro.

Da maçã envenenada à pedra cachimbada...
Foi tal que acabou desmilinguida e chamuscada feito um tição... 

Aborrecida, deitou-se em um saco de estopa,
à espera de um príncipe-salvador daquele ambiente infernal.

Ainda está para nascer...



Célia Rangel, autora.
*Cia do Blogueiros
*Clube de Autores.


22 comentários:

  1. Célia, Querida

    Disseste Paraíso? "viver no Paraíso!"(?)(...)
    "(...) Ainda está para nascer..."
    Pobre da Branca de Neve.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Versão interessante.
    Há uma versão cinematográfica gótica da Branca de Neve, bem legal, não sei se já assistiu. Se não me engano é produção da Hallmark.
    Recomendo.
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. E será que vai nascer?!.... Ih! Ih! Ih!
    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. Minha querida

    E quantas de nós se envolvem em si mesmas e ficam esperando pelo princípe, que talvez nunca chegue.
    Gostei desta versão.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  5. Nem sempre as histórias possuem finais felizes.
    Em nossos sonhos até podem.
    Mas a realidade é bem diferente.
    Um ótimo final de semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Sonhar é possível, viver apenas de sonho não.
    Eita, essa se ferrou!
    Vai viver sonhando com contos de fada,acreditar que varinha de condão faz pift, paft, zum?
    Salacadula mexecabula e até com pedra cheirada, injetada, cachimbada para disfarçar a realidade a que se submeteu.
    Ô tristeza essa realidade.
    Pena que não é apenas uma versão do"felizes para sempre", mas a visão da feiura da realidade, desnudando o bem e o mal, dando novos estatus a ambos.

    Esse cachimbento aí é o Saci-pererê? Tomara que nasça outra perna nele, só de castigo.
    Também, se for o dragão que protegeu a Fiona na masmorra, se vir a pobre sobre o saco de estopa irá comê-la!

    Célia, pare a cena!

    Ainda dá tempo para salvar uma criatura sua.
    Ela é sua, sim!Você deu vida a ela.
    Agora eu estou na torcida!
    O que mais pode acontecer?

    Tchã! Tchã! Tchã! Tchã!

    ResponderExcluir
  7. POxa que trágica!
    Mas remete ao real! Veio na minha cabeça a triste tragetória de vida de meninos e meninas no submundo das drogas, prostituição, abandono, fome...
    E onde o conto de fadas????
    Amiga Celia que belas palavras que me deixou no blog. Sempre carinhosa comigo...
    Beijos querida

    ResponderExcluir
  8. Essa nova versão de Branca de Neve, é a pura realidade.
    Finalizo dizendo, penso eu que nem vá nascer esse tal de príncipe encantado...rsrs.
    Ficou ótimo Célia.
    Parabéns!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. SE EU PUDESSE DEFINIR COM PALAVRAS O
    SIGNIFICADO ESPECIAL QUE VC TEM NÁ MINHA VIDA.
    Não CONSEGUIRIA. MAS TENHO CERTEZA QUE DIZENDO SOMENTE.
    OBRIGADO POR VC EXISTIR, VC JA ENTENDERIA.
    É maravilhoso ter vc comigo !
    SEu carinho e sua amizade me faz muito bem.
    Muitas bençãos e vitórias para você nesse final de semana.
    Que Deus te ilumine hoje e sempre.
    A Viagem te espera de braços abertos
    embarque comigo rumo ao horizonte azul.
    Beijos no coração.
    Evanir...

    ResponderExcluir
  10. Oi Célia, AMEI o poema! Que lindo!!!
    Tem muito criatividade amiga! Muito bom!!!
    Tenha um lindo fds, bjus...

    ResponderExcluir
  11. Tempos modernos, hahaha. Boa Célia, criativa demais!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Boa noite minha amiga das letras!
    Sempre criativa e trazendo coisas novas...
    bjs de dia de domingo!

    ResponderExcluir
  13. Adorei o conto bem humorado, Célia, parabéns. Bom domingo, bjs

    ResponderExcluir
  14. kkkkk adorei o olhar bem humorado e diferente da situação, muito criativo, tomara que o salvador chegue logo, coitada! rsrrs Bjoooosss

    ResponderExcluir
  15. Olá Célia querida


    A realidade é cruel mesmo amiga...
    Muito legal.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  16. Célia...adoro seu humor e sua ironia, rsss
    Uma semana repleta de alegrias, um forte abraço!

    ResponderExcluir
  17. Olá, Célia. gostei! Também adoro seu humor rsrsrs. Vc é demais! Desejo uma semana abençoada. Bjos!

    ResponderExcluir
  18. Muito boa a nova versão em entrelinhas, que só você sabe colocar.
    Abraço

    ResponderExcluir
  19. Qto simbolismo! Branca de Neve para adultos cultos e politizados. Gostei. Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Oi Celia, tenho o prazer de ouvir o seu blog lindo, tiene humor, suas criações são muito original.
    Um abrazo.

    ResponderExcluir
  21. Oi, Célia! Versão criativa, mas preocupante porque o problema é real. Espero que a medicina encontre uma solução o mais rápido possível. Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Mas enquanto há vida sempre cabe mais uma esperança. Apesar da fria e dura realidade, ainda não me desapeguei das fábulas, por que se deve "sognare". E o que é a vida senão um sonho?
    Célia, acorde o príncipe!
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.