domingo, 27 de maio de 2012

Dedução Interessante...





Longo é o caminho da gratidão.

De repente cruza a sua vida.

O tempo do reconhecimento é único.

Vivo em um cantinho da memória,

Ressurge explodindo em palavras.

Admira-nos ver o elenco das boas ações,

Despertas todas em um só instante...

Gratidão? Gratificação? Cobrança?

Inimigas todas.

Pois, não se agradece quem nos cobra...

Exigências de um bem  viver,

De afeto ou espontaneidade,

Serenidade e a magia da interação,

Na alma que é bondosa

Que fez e faz não por méritos,

Mas pela ternura em que vive,

Redistribui-a na total gratuidade

Da sua existência.

Célia Rangel, autora.
*Cia dos Blogueiros
*Clube de Autores



26 comentários:

  1. Olá, Célia. Passando por aqui. Lindo texto! Grandes verdades. Estou feliz pela sua amável visita. Obrigada! Desculpe a falta. Tive muitos problemas com conexção e mudanças de operadora. Espero colocar em ordem minhas visitas! Tenha uma ótima semana. Bjos carinhosos e paz pra vc!

    ResponderExcluir
  2. Dedução perfeita!
    A gratidão há de ser,
    como de ser a doação.
    Cobrança, nunca!

    Um abraço, Célia,
    da Lúcia.
    PS. Tenho comentado aqui, mas
    tem sido recusado. Vou testar...

    ResponderExcluir
  3. Célia, tem que ser tudo natural, sem cobranças nenhuma.
    O doar-se é gratificante para a nossa alma, se houver reciprocidade (sendo natural), será muito bem vinda.

    Beijos de uma noite de paz e uma semana de realizações.

    ResponderExcluir
  4. Lindo Célia, é bem assim, amar por sentir mesmo o amor, sem cobranças e sem ser cobrado, espontaneidade! É isso!Agradecer por sentir mesmo essa sensação de gratidão!
    Abraços amiga de alma linda!

    ResponderExcluir
  5. Mensagem linda! Gratidão é, por si só, um sentimento nobre, que nasce de um coração compassivo e amoroso, não sendo por isso cobrada.... doada e recebida, sentida....Uma segunda-feira abençoada!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Célia, obrigado pela visita! Aproveite o espaço e mande sua obra! Entre em contato para eu lhe dizer o que preciso; no meu perfil tem meu e-mail.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso e reflexivo seu poema, minha querida.
    Boa semana, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  8. Olá!Boa tarde!
    Tudo bem?
    "A gratidão é um sentimento que traz junto dele: amor, ternura, fidelidade, amizade! É importante não confundir gratidão com atitudes de lisonjas ou bajulação.
    Há um quê de nobreza, de olho no olho, de igualdade e reconhecimento da alma, do espírito e do pensamento daquele a quem devemos ou de quem somos alvos de gratidão.
    A gratidão é horizontal, lado a lado. Nunca foi, não é, nem será alguma coisa de baixo para cima ou de cima para baixo.
    Pense. E pratique. Pratique a gratidão.
    Não faz mal, não tem contra-indicação."
    Boa semana!
    Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  9. Mais uma vez, você me faz pensar, Célia. De fato, ninguém recebe gratidão exigindo-a. Somente os fortes são gratos. Os fracos têm vergonha de ter precisado de outra pessoa. Vou continuar pensando. Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Gratidão é virtude maravilhosa e direi poderosa.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  11. A verdadeira doação é anônima, no sentido de que não busca reconhecimento. A gratidão nasce no coração de quem a recebe e abraça. A cobrança não tem lugar nesse espaço de sentimentos. Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite minha querida amiga das letras!!!!!!!!!!!!!
    Vc nem imagina que caminho tive que atravessar para chegar aqui.
    Continuo perdida de ti...nem me pergunte pq,pois deu vírus no meu computador e tenho penado para recuperar os amigos,sem falar que quase perco meu blog.Não tenho mais seu e-mail.E o meu é um outro .
    Nem imaginas como me faz falta vim no teu cantinho,pois vc é uma das primeiras amigas construidas aqui na blogsfera.
    Sou imensamente grata poder te ter como uma amiga querida e leal.Sua postagem diz muito bem isso...
    bjs de retorno!!!

    Ps:Meu novo e-mail :

    s.cabral1953@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. OI CÉLIA!
    ASSIM DEVE SER, DOAÇÃO SEM COBRANÇAS NEM ESPERAR NADA EM TROCA.
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  14. Bem mais que interessante, sábia e verdadeira sua dedução. Lindo o seu poema, Célia. Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Querida Amiga, hoje eu quero muito lhe agradecer a sua linda e carinhosa presença no meu cantinho! Meu carinho sempre.
    Tem um selinho lá no meu cantinho, feito com muito carinho! Se gostar leve com você!
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  16. Minha querida

    A amizade é isso mesmo...não se pede nada em troca, apenas se está lá.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  17. Gratidão é a maior virtude do ser humano.
    Só quem tem humildade tem gratidão por alguém.Cobrança nunca!
    Abraços e ótima semana!

    ResponderExcluir
  18. Oi, grande amiga Célia!
    Seus poemas, além poéticos, são filosóficos.
    Fazer bem ao próximo não é acúmulo de favores, uma troca, mas doação espontânea.
    A gratidão é uma virtude dos humildes e está, a cada dia, mais rara.
    Parabéns pela inspiração!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  19. Célia querida! Passando pra agradecer o carinho e desejar uma excelente terça-feira! Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Querida Amiga, hoje eu quero muito lhe agradecer a sua linda e carinhosa presença no meu cantinho! Meu carinho sempre.

    Tem um selinho lá no meu cantinho, feito com muito carinho! Se gostar leve com você!

    Abraço amigo!

    Maria Alice

    ResponderExcluir
  21. Belíssima postagem Célia!
    é realmente uma dedução interessante!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  22. Celia,é verdade: doar-se sem esperar nada em troca e sem se sentir na obrigação de faze-lo!Muito linda poesia!bjs,

    ResponderExcluir
  23. Olá Célia,

    Saber ser grato é nobre e denota humildade.
    Doar sem cobranças reflete uma lei Divina.
    Faz-se o bem por amor e não para obter retorno.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.