terça-feira, 29 de maio de 2012

Fantasias








Ah se pudesse viver à sombra de um anjo
que me desviasse dos maus tempos
me encaminhasse para nuvens de amor
deixando-me no orgasmo da vida
simplesmente viver.

Sonharia com um arco íris de desejos
colorindo cada fase da vida
perpetuando meu viver
gravado no mármore da alma.

Tamanha riqueza sempre seguiria comigo
Massageada pelo toque das minhas mãos
Eternizaria momentos e fantasias
Lacrados onde sou eu realmente
Minha mente.

Célia Rangel, autora.
*Cia dos Blogueiros
*Clube de Autores

17 comentários:

  1. Somos, a nossa mente,
    nelas, se processam as fantasias,
    é território secreto cabendo, à cada ser,
    desvendá-las... a seu bel prazer!

    Um beijo, Célia,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  2. A mente é mistério insondável, esse poema seria para o Jung. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  3. Ahhh se pudessemos todos viver a sombra de um anjo, ah se pudessemos...
    Lindos versos.
    Bjs e boa noite

    ResponderExcluir
  4. Lindos versos amiga, a vida é linda, podemos vivê-la em nossa fantasia, nossa mente cria!
    Abraços amiga linda e obrigada pelo carinho da visita e comentario!
    Ivone

    ResponderExcluir
  5. Minha querida Célia, um beijo nesse seu rico coração enfestado pela avalanche de encantadoras poesias que habita em seu ser.

    ResponderExcluir
  6. A Mente também tem fantasias. Contudo, agrupam os sonhos e as vivências, agrupando-as naquilo que "deixamos" ser visível.

    Beijos

    SOL

    ResponderExcluir
  7. E existe um anjo assim, podemos segui-lo em poesias assim! abraços

    ResponderExcluir
  8. Muita riqueza dentro desta mente poema, mas esta passagemm há o ápice desta poética que nos apresenta:"" perpetuando meu viver/gravado no mármore da alma."
    Arrepiou o meu pescoço!

    ResponderExcluir
  9. Mas eu acredito em anjos. Tenho alguns deles que estão sempre comigo.
    É preciso solicitar a presença deles e estar com a mente aberta para
    recebê-los!

    Beijão

    ResponderExcluir
  10. Olá, Célia. Me identifiquei bastante com sua poesia. Seus versos tem verdade. Mesmo com toda fantasia... E eu gosto bastante disso!

    Sou seguidora desde já. Se der, passe no meu cantinho e se gostar me faça companhia por lá também. De qualquer forma, continuemos... =p


    Te desejo uma ótima tarde de quarta-feira.
    Um grande abraço.
    Tati.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderExcluir
  11. O poema é lindo, Célia, mas acredito que você acabaria enjoando dessa beatitude se a alcançasse. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Fantasias, penso eu, desejadas por muitos de nós.

    Me vi a flutuar nas asas de um anjo.
    Gostoso quando viajamos na escrita de um poema, esquecemos por momentos de nossa realidade.

    Beijos com carinho, Célia querida.

    ResponderExcluir
  13. Eu também acredito em anjos... apenas precisamos nos dar como tal para chamar a atenção deles... Lindo poema

    ResponderExcluir
  14. Célia querida! É tão envolvente te ler... Passear na tua fantasia, se aconchegar ao te anjo... Lindo! Gostei muito! Abraço carinhoso!
    Uma iluminada quinta-feira!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá Célia.

    Uma bela fantasia um sonho de poema. A fantasia (sem excessos), refrigera a vida. Os sonhos rascunham a realidade.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  16. Lindo poema! Se eu pudesse também!!!! Que delícia! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.