terça-feira, 17 de julho de 2012

Lamentável!

No ensino superior, 38% dos alunos não sabem ler e escrever plenamente.

Entre os estudantes do ensino superior, 38% não dominam habilidades básicas de leitura e escrita, segundo o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), divulgado pelo Instituto Paulo Montenegro (IPM) e pela ONG Ação Educativa. O indicador reflete o expressivo crescimento de universidades de baixa qualidade.

Fonte:


15 comentários:

  1. OI CÉLIA!
    ISTO NOS ENVERGONHA, VERMOS ESTUDANTES SAÍREM DAS UNIVERSIDADES SEM SABEREM ESCREVER DIREITO NOSSO PRÓPRIO IDIOMA.
    SOU DO TEMPO EM QUE, A REDAÇÃO VALIA A METADE DA PROVA DE PORTUGUÊS,ENTÃO PRECISAVA-SE ESCREVER ESCREVER.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  2. Realmente é uma vergonha, as vezes observamos erros grotescos na escrita.

    Abraços cara amiga

    ResponderExcluir
  3. Que pena, é mesmo triste isso,parece que não vai mudar tão cedo esse quadro?!
    Abraços amiga, bom post, nos faz sempre refletir sobre o caos na educação no Brasil!

    ResponderExcluir
  4. Penso eu, querida Célia, que isso se deva ao péssimo ensino dado no nível médio.
    Mas é envergonhador isso tudo.

    Beijos de uma linda noite.

    ResponderExcluir
  5. Realmente lamentável. E mais lamentável ainda é que atitudes não são tomadas e erros grotescos de escrita como a Escritora de Artes citou são vistos não somente por blogueiros, mas colunistas. Já presenciei uma blogueira e colunista que não consegue escrever sem o vício de confundir o "mais" com o "mas".
    Lamentável...

    ResponderExcluir
  6. E quem aprende a ler, lê as palavras, sem entender os possíveis sentidos!

    ResponderExcluir
  7. Fui professora da oitava série, hj nono ano há alguns anos atras, e nem metade da sala sabia escrever, que dirá fazer uma redação, são as facilidades de ir passando os alunos sem que de fato tenham aprendido! Uma pena! Larguei a educação, estava adoecendo e não tinha o amor suficiente pela causa! Bjinhoooosss

    ResponderExcluir
  8. Na pós-graduação também tem uns casos desses, Célia. É assustador. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Célia querida


    É uma falta de vergonha mesmo.


    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  10. É a tal coisa, Célia: muito mais fácil manipular os que são míopes de cultura!!
    Este é nosso país...
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Num Brasil desogovernado em que o índice do Produto Interno Bruto - PIB para Presidente da República tem valor pífio, o que esperar da educação?
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  12. Esta pesquisa está muito 'boazinha'... O número é maior. Boa tacada, Célia!

    Beijo,
    Jorge

    ResponderExcluir
  13. É..., Célia, tens razão! Dizer o quê?... Só temos mesmo que lamentar um fato inquestionável e vergonhoso como esse!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  14. Um fato lamentável e penso que tão cedo em nada será alterado.

    ResponderExcluir
  15. Triste constatação...acompanho esse índice bem de perto, e, confesso::dá desânimo!

    beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.