quarta-feira, 11 de julho de 2012

Missão





No improviso cheguei
Assumi meu espaço
Com limites, regras, mandos

Difícil superação
Castração de planos, ideais
Libertação, susto

Indefinição
No improviso partirei

A cada segundo um novo momento
A cada momento uma nova emoção

Magias contemporizadas
Na ternura do afagar

A mim e ao outro
Inevitável é te amar

Sempre.

Célia Rangel, autora.
*Cia dos Blogueiros
*Clube de Autores

13 comentários:

  1. Oi, Célia! Já reparou que, no fim das contas, por mais que a gente se prepare, é no improviso que as coisas acontecem? A realidade tem variáveis que escapam ao planejamento. Mas, para os felizardos, o amor é uma constante. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Esse texto é profundo, Célia! É no improviso que toda a natureza vive e sobrevive. Com exceção do ser humano, onde o único improviso que ainda resiste à racionalização da vida é o amor...

    Grande abraço!
    Adriano

    ResponderExcluir
  3. Olá Célia

    que coisa tão bonita:

    " A cada segundo um novo momento
    A cada momento uma nova emoção"

    A vida nunca pára de improvisar e nos surpreender, não é?

    beijinhos (=

    ResponderExcluir
  4. OI CÉLIA!
    TEU TEXTO FEZ COM QUE TODOS REFLETISSEM A RESPEITO DA IMPROVISAÇÃO EM NOSSAS VIDAS E, CONCLUIR QUE É,QUANDO DÁ TUDO CERTO...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  5. Amiga, eu sou mestre em improvisos kkk, qdo prestei vestibular p Artes Cênicas passei em primeiro lugar na prova de improvisação, e assim vou improvisando vida a fora! Bjooooss

    ResponderExcluir
  6. Boa noite amiga
    Lindo improviso!
    A vida está sempre nos forçando a improvisar, e no improviso que conhecemos o novo.
    obrigada pelo carinho de sua presença lá no meu cantinho.
    Uma linda noite para voce.
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  7. Olá!Boa noite!
    ...conheço gente que demonstra amor, acordando lembrando, e outros que dormem esquecendo...e assim é o amor, que pode chegar e sair, na base do improviso, ou do planejado...
    ...eu já planejo ,sonho, escrevo em guardanapos, digito e-mails não enviados, tanto papel rasgado e frases deletadas para, no final, dizer a única coisa que realmente importa, no improviso:Te amo!
    Obrigado pelo carinho de sempre!
    Boa quinta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. No improviso vivemos e morremos, nada tem data marcada, até o amor chega de improviso, e o seu ainda está pulsando em seu coração hein? Beijos

    ResponderExcluir
  9. Lindo texto querida Célia, vivemos muito no improviso, pois nossos planos nem sempre se consolidam...
    Bjks e otima noite

    ResponderExcluir
  10. Tudo improviso né amiga? Acontecimentos, amores, vida e morte, mas o amor foi um só, e continua firme e forte! Chegou de improviso e ficou para sempre! Beijos

    ResponderExcluir
  11. Célia, muitos são tão metódicos, planejam tudo minuciosamente que não estão preparados para o improviso e se desestabilizam.
    Eu acredito que tudo na vida, mesmo que se tenha planejado muito, acaba por surgir improvisos. E não os vejo de modo negativo.

    ResponderExcluir
  12. A Vida é calculada num improviso perpétuo. Nascemos assim, como que de improviso, e assim morreremos sem exactidão do tempo.
    Bela abordagem.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  13. O amor sempre presente, gerando novas energias.
    Lindo.
    beijo

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.