domingo, 1 de julho de 2012

Ouso...

Foi um tempo enorme
Até entender que era você
Chegou ternamente
Sem cobrança ou exigência alguma
Ficou esquecido em um canto meu
Até que chamou minha atenção
Desembrulhei-o da sua timidez
Meu presente em vida
Expressei-o ao meu coração
Que o adotou por toda sua existência
Sem medo de ousar.

Célia Rangel, autora.
*Cia dos Blogueiros
*Clube de Autores

23 comentários:

  1. O amor é uma ousadia perante a realidade ficante e transacional dos dias de hoje:). Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. O primeiro trecho de cara nos chama a atenção:

    "Foi um tempo enorme
    Até entender que era você."

    Há pessoas que estão com alguém que possa lhes fazer muito bem debaixo do nariz e não percebem, insistem em buscar fora e muito a cara até perceberem.
    Isto quando percebem.
    Bom domingo, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Ousar é ultrapassar as barreiras....(lindo texto)...

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Ousadia que transcendeu a "vergonha de ser feliz", e, numa sintonia ímpar brotou a felicidade de duas criaturas...um completando o outro! Lindo.

    ResponderExcluir
  5. Querida Célia é muito bom no dia de domingo, que como disse certa vez o saudoso Paulo Gracindo, "não é um dia, é um estado de espírito, poder ler essas belas linhas de seu amável texto. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  6. Toda forma expressiva comjuga consigo aquilo que que os meus e os teus pensamentos pode transmitir em questao de milesimo ou de segundos, seja de uma forma falada ou expressada por meio de uma gravura ou por meio de uma simples e elaborada nota de roda pé.
    Confesso se eu podesse ficaria por aqui o resto da vida a contemplar de maneira plausiva aquilo que de uma maneira direta e indireta deixas fluir do seu mais intimo e puro coração....Deixo-te um bj carinhoso e que o seu final de semana e o iniciar dele possa conservar-te assim...Especial.
    convido-a a fazer parte do meu blog....ja estou ate seguir...http//www.uanderesuascronicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ai Celia,que coisa linda essa descoberta do amor!Gostei muito!bjs e bom domingo!

    ResponderExcluir
  8. Que delícia, Célia!
    Um trouxe felicidade ao outro!
    Bjo

    ResponderExcluir
  9. Olá, Célia! Lindo! Carinhoso. Parabéns pelo post! Obrigada sempre pelo carinho. Tem um mimo lá blog! Se gostar Leve com vc. Muito amor sempre pra vc e uma semana repleta de paz. Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Minha querida

    Nunca devemos ter medo de ousar, quando se fala de amar...lindo como sempre ler-te.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  11. Amiga Célia,
    Muitas vezes, a felicidade está ao nosso lado, mas, como não olhamos ao nosso redor, não percebemos.
    Para tudo que nos faz bem e felizes, precisamos ser ousados.
    Que maravilha de poema, amiga!

    Abraços do sinceros do amigo!

    ResponderExcluir
  12. MINHA AMIGA DAS LETRAS !!!!
    O DESLUMBRAMENTO PELAS TUAS ESCRITAS CRESCE EM CADA NOVO DIA...
    OUSAR VC SEMPRE SOUBE DENTRO DAS TUAS ESCRITAS...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Célia. Perfeito o poema, totalmente romântico e harmonizado.
    Esperamos muito tempo para identificarmos o amor em nós, e quando o fazemos é pura sensibilidade e motivo de felicidade!
    Um beijo imenso na alma, e fique com um mês de julho abençoado!

    ResponderExcluir
  14. Somente corações ousados atrevem-se a amar verdadeiramente. Parabéns, Célia!

    ResponderExcluir
  15. Olá Célia querida, passando p matar saudades, deixar um cheiro mineiro e apreciar mais uma inspiração que nos enchem os olhos, há de existir coragem p ser feliz e amar verdadeiramente! Bjoooosss

    ResponderExcluir
  16. Olá Célia,

    Que doce ousadia!
    É tão bom quando se olha com mais atenção e descobre-se o amor!
    LINDO E MUITO ROMÂNTICO.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. As vezes é necessário deixar medos de lado e ousar na vida! Belo texto Celia como sempre!
    Muuuuuuuuito obrigada pelo comentário carinhoso que me deixou querida.
    Fiquei muito feliz!
    Beijos e até breve com minhas novidades!!!
    Canela

    ResponderExcluir
  18. Célia querida! Poesia linda! Os olhos da alma revelam o que simples olhares deixam ir passando, às vezes, ao longo de uma vida.... Por isso o essencial é invisível aos olhos! Célia! Posso contar com te voto no TopBlogBrasil? Uma abençoada semana, repleta de muita paz e alegria! Grande e carinhoso abraço!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Feliz do acolhido em questão. Um agrande abraço, Celia, e parabéns pela nova e sempre sensível lavra.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Célia querida


    Lindo poema...
    Delicado e cheio de amor.


    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  21. É preciso ousar, ter coragem, principalmente em questões do coração.
    Quem se previne muito e quem tem medo fica estagnado e não sai do lugar...

    Beijão

    ResponderExcluir
  22. Que delicadeza sua poema querida...me encantou de forma especial...
    Boa semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  23. E este presente você tem guardadinho no seu coração até hoje. Lindo!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.