terça-feira, 14 de agosto de 2012

Espargindo ternuras...













"Amar-te

sem te invadir

 Multiplicar-te

 sem te perder

 Falar-te

 sem me trair

 Guardar-te

 sem te possuir

 E ser, assim, eu próprio

 no mais secreto de ti."

 [do lv: Cativando a ternura- Jacques Salomé- "Declaração dos direitos do homem e da mulher ao amor"]

9 comentários:

  1. Ah, o amor! Lindo isso Célia!
    Amor, ternura, carinho, tudo de bom, amei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Amiga Célia,
    O amor assim, sem possessividade e platônico, é o ideal para ambos serem felizes.
    Pelo menos em poesia há amor sublime com o descrito pelo belo poema.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Lindo ,Célia!!Tudo de bom pra ti,adorei a visita!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Almas geminadas, pela ternura incondicional..
    Beijos, com carinho, Célia,
    da Lucia

    ResponderExcluir
  5. Olá!Boa noite!
    Tudo bem, Célia?
    ... todas as características fundamentais para a constituição da Declaração dos DIREITOS de um casal no amor quais sejam, a comunhão de vida e dos interesses, o auxílio mútuo, o respeito, a lealdade e o próprio amor...mas, se faltar algo,e ainda der certo, é a prova de que nada o impedirá de viver uma história digna de ser lembrada, com momentos incríveis ao lado de alguém que valha a pena!
    Obrigado!
    Boa quarta feira!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. É, de facto, o mais importante da vida a dois: "Guardar-te /sem te possuir/E ser, assim, eu próprio/no mais secreto de ti."

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Boa Noite Amiga Querida..
    Vim te deixar um recado ,
    pois sei o quanto sempre se preocupou comigo.
    Agora esta terminado amada terminei os últimos exames
    creio que em poucos dias será marcada minha cirurgia.
    Depois de sofrer o tanto que estou sofrendo desde Outubro do
    ano passado enfim vem a luz no final do túnel.
    Te deixo meu agradecimento e todo meu carinho;
    Linda seja sua noite beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  8. Como sempre, belos poemas de Amor! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.