sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Passaporte














 

 

 

 

Deveria haver “passaporte” para ser pai e mãe. Habilidades todas antecipadamente verificadas e, se necessário “recall” urgente.

Ainda sonada, com a cota de comprimidos para as “hipers e hipos”, toca o indecente telefone. Do outro lado ouve-se uma voz: - se não abre o olho cheio de ramelas, o peito cheio parece que rosna, ronrona, não sei nada desses bichinhos... Afinal, rosnam também? 

Penso que erraram o número e que na realidade procuram por atendimento a um pet.

Silencio-me tentando desconversar e desligar o telefone, até porque ainda não peguei no tranco matinal e, a voz reforça a pergunta: - o que você acha que é? Faço o quê? Sou marinheiro de primeira viagem... Buscando os óculos vou dizendo: - espere a próxima embarcação e fique esperto para não perder essa também, caso contrário só um salva-vidas.

Então, mais acordada e olhando o bina detecto ser familiar o chamado... Gargalho e digo: - a pergunta não veio para a pessoa certa. Foi mal formulada. Como dar uma resposta adequada se até o perdi entre duas camas... E, “o babá” já nem existe mais. Anda pelas nuvens cuidando dos anjinhos desavisados... E, “a vovozona” aqui tá numa zona mental de “fazer ó com o fundo do copo”...

Olhe, se rosnar ou latir, tome cuidado, pois não são muito chegados a banho, mas caso negativo esponja, sabão e água darão bons resultados. Alternativa seria um lava rápido que em geral têm duchas excelentes aquecidas, e às vezes as camas são redondas com lençóis de cetim. Ai “mora o perigo” de se tornar marinheiro de segunda viagem, na terceira classe...

Experimente depois me ligue, à tarde de preferência, quando me mantenho mais acordada e dinâmica.

Então, disque 0800... e boa! Quero dizer... “boa sorte”... pois o que foi, já me esqueci e, o que virá, não quero nem saber.

Célia Rangel.
*Cia dos Blogueiros
*Clube de Autores

23 comentários:

  1. rsrsr, já dizia minha mãe, "Quem pariu Mateus que o embale" rsrsr essa regra valerá qdo for as minhas crias pedindo ajuda rsr vale p os animais adotados tbém! rsr bjooosss

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs, ainda não vivenciei tal situação e não sei quando viverei, se viverei, mas desde já estou contigo nessa, cada um toma conta do que é seu.
    E pela manhã, penso que estou ainda com o tico e o teco tão enroladinhos juntos, que nada sei.

    Ficou legal esse "Passaporte"

    Beijos Célia.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Célia pelo comentário no meu blog.
    Gostei também de sua nova história. Psicólogos, pedagogos e profissionais de várias "espécies" criam os manuais de mamães e vendem, mas nada como a escola da vida...
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que você é mesmo muito espirituosa! Com os acontecimentos cria a estória, por sinal, ótima! Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!Boa noite!
    Célia...
    risos...em relação á imagem!
    risos...em relação ao texto!
    ...só por esses pequenos é que deixamos de dormir por meses seguidos...
    Obrigado!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Pois é minha amiga, é de rir ou chorar?!
    Também concordo que deveria ter passaporte para ser pai e mãe, mas como não há...!!!
    Abraços amiga Célia!
    Um lindo fim de semana para você!

    ResponderExcluir
  7. Sempre se mantendo com publicações atrativas e convidativas ao nosso pensar. Um grande beijo no seu coração minha amiga.

    ResponderExcluir
  8. KKK...Celia,seria bom se pudessemos ter esse passaporte!E que viesse com algum estágio antes para evitar esses telefonemas antes do primeiro café!...rss...bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  9. Célia,

    Tudo bem? O seu texto é estruturado e com uma nitidez da realidade. Estive fora durante a semana inteira e a minha inspiração só fiquei na minha condição materna e logo o texto da noite não poderia ser outro, meu filho. Você descreveu atribui a condição certa, passaporte, que ora é para um mundo cheio de alegrias e, em outros, para a dúvida, o medo. Mas a certeza é que esse sempre renovaremos em qualquer batalha global.

    Boa semana e beijos.

    ResponderExcluir
  10. Que bom seria se tivesse um bom manual...Tivemos que aprender tudo na prática, aos trancos e barrancos......kkkkkk

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom Célia. Divertido e instrutivo. Rs rs rs...

    Um abração e boa semana.

    ResponderExcluir
  12. Só ligo depois das quatro da tarde!
    Aquele abraço.
    Jorge

    ResponderExcluir
  13. Oi Célia querida


    Já passei por isso muitas vezes...rs
    Sou pãe...rs
    Então responsabilidade dobrada.
    Mas adoro!!!

    Obs.: E a propósito, se tiver um manualzinho, manda pra mim por favor...rs

    Beijos e boa semana.
    Ani

    ResponderExcluir
  14. Muito divertida sua crônica, Célia. Repito: você tem a veia pra esse formato. Um abraço!

    ResponderExcluir
  15. kkkkkkkkkkkk Se existisse esse passaporte, Célia, nem me deixariam entrar na fila pra tirar. Criar filhos é um ato de heroísmo acima de minhas forças. Gostei demais do seu texto. Parabéns!

    ResponderExcluir
  16. kkkk seria ótimo mesmo, querida!
    Boa semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  17. Esses passaportes seriam recordes de vendas, rsrrs

    Obrigada pelas palavras de carinho no blog Vendedor de Ilusao...

    Bjos

    ResponderExcluir
  18. OI CÉLIA!
    O TEXTO ESTÁ GENIAL, A ILUSTRAÇÃO ENTÃO, O MÁXIMO.
    MAS, EU QUE JÁ CRIEI OS MEUS, TE DIGO, QUE DEPOIS QUE TUDO PASSA, ISTO É, ELES CRESCEM DÁ MUITA SAUDADE, SERÁ QUE É MASOQUISMO?
    NÃO, ACHO QUE É AMOR BABÃO DE MÃE.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  19. Minha querida

    Os filhos deveriam vir com um livro de instruções para aprender-mos como lidar com eles, e por vezes é tão difícil.
    um texto muito bom mesmo e real.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  20. No meu "passaporte" mamãe escreveu: "Desde que filhos tive, nunca mais barriga enchi",
    constatei,depois, que a máxima é mesmo essa....
    Sensacional, seu texto, Célia!

    Um beijo,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  21. Oi Célia, lindo post. Desculpe pela demora, essa semana está muito corrida para mim...
    Tenha uma linda semana, beijos.

    ResponderExcluir
  22. Passa'S'orte seria um termo mais adequado... kkkk


    bjsMeus*

    Catita

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.