quinta-feira, 18 de outubro de 2012

F A S C I N A N T E














 

 
 
 

Estranho é ensaiar e o real ser bem diferente

Um Teatro!

A distância entre palavras e ações é imensa

A Realidade!

Olhares se cruzam e dizem muito

O Silêncio!

Abraços, ternuras que distribuem energia cósmica

O Contato! 

Afagos que no intimo marcam eternamente

A Emoção!

Imagem sentimental que não se distancia nunca

O Amor!

Mesmo com a mente solta nas nuvens do paraíso

O Sonho!

Permanece sempre a magia de outra chegada

A Eternidade!

Da vida. Na vida. Pela vida.

 

Célia Rangel

 

13 comentários:

  1. Só o verso de abertura desse poema já dá origem a uma reflexão bem longa, Célia. Se eu não fosse controlada, surrupiava esse verso e transformava em crônica. :) Fica tranquila, sou legal, não vou fazer isso. Mas que dá vontade, ah, dá sim. Lindo poema! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. BOM DIA MINHA AMIGA DAS LETRAS !!!!!!
    O que faz nossa vida mudar de ciclos é quando podemos sentir ou transformar os sentimentos numa realidade sem fazer teatro...
    Vindo aqui aproveito para te convidar para apoiar juntamente comigo o OUTUBRO ROSA,incentivando as pessoas conhecidas a fazer o exame de mama, prevenindo do câncer que é responsável por 52.680 novos casos no Brasil neste ano!Quero que você esteja junto comigo nesta luta,apoiando esta causa. Vamos a cada dia plantar esta ideia na cabeça das pessoas...EU, do blog FOLHAS DE OUTONO,agradeço todo o apoio E comentário deixado lá em prol da minha nova postagem.Peço que ao passar leve uma mensagem de positividade.

    ResponderExcluir
  3. Celia,que poesia mais linda!Adoro sua maneira de escrever!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  4. Para cada sentimento, uma definição precisa, encantadora, mágica, divina... FASCINANTE!
    Beijos, Célia!

    ResponderExcluir
  5. Olá!Boa noite!
    Célia...
    quando experimentarmos a alegria e a liberdade de viver a realidade, perder a vontade de brincar de usar máscara e produzir palavras que não encontram eco em mosso coração,saberemos como a vida é, sim, fascinante...
    Obrigado!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. "A palavra é tempo, o silêncio é eternidade."

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Célia querida! Muito obrigada pela presença sempre amiga e constante no blog! Célia, tua maneira de escrever e definir os sentimentos é linda, expressiva, a magia do amor e do tempo na eternidade das palavras.... Adorei! Bjão no coração!
    Abençoado FDS!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  8. Olá Célia,

    Que bela inspiração!
    O poema é tal qual o título, FASCINANTE.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  9. afagos e olhares que precisam voltar sempre, o calor das mãos alimenta! abraços

    ResponderExcluir
  10. Muito lindo Célia, o contato, a emoção, o sonho, o amor, tudo que permeia o espetáculo que é a nossa vida! Bjoooss

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo!

    Não sei se já disse mas sou sua fã...

    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Olá!Boa tarde!
    Célia...
    acima,sou outro...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Bom final de semana!Bençãos infinitas
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Que linda a descrição dos sentimentos em cada verso!
    Poetizas de forma ímpar.

    Beijos Célia.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.