sexta-feira, 2 de novembro de 2012

“ÀS MINHAS ALMAS QUERIDAS”







 

Minha alma tem o peso da luz.

Tem o peso da música.

Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita.

Tem o peso de uma lembrança.

Tem o peso de uma saudade.

Tem o peso de um olhar.

Pesa como pesa uma ausência.

E a lágrima que não se chorou.

Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.

 

Clarice Lispector

 

 

 

 

8 comentários:

  1. Célia,tem o peso que somente uma balança sensível pode avaliar todas as nuances e flutuações atmosféricas. Bem, lembrado, Clarice. Abção, amiga.

    ResponderExcluir
  2. Oii Célia, uma bela mensagem p o dia de hoje, a maioria de nós neste dia conhece o peso de uma saudade! Bjooos

    ResponderExcluir
  3. Bom dia minha flor, linda lembrança, Clarice sempre encanta.
    Minha alma hoje, mais que nunca "tem o peso da saudade".
    Bjks e um lindo dia pra voce.

    ResponderExcluir
  4. Linda poesai e reflexão pra data! beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Muito, muito lindo! A insustentável leveza das palavras.

    Vou copiar (sou uma copiona! Desculpa-me....)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Célia,

    Tudo bem? A saudade, a perda e o adeus acompanham a grande maioria de nós. Clarisse foi muito feliz em seus versos.

    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  7. Amiga Célia, passando pra ver como estás... Lindo este texto da Clarice... No início d meu blog há um pequeno trecho da Clarice também! Um abençoado fim de semana de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Mais uma vez, você encontrou o texto perfeito pra ocasião, Célia. Muito bonito! Beijos!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.