sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Crença

 
 
Somamos anos de vida.
Aprendizados desde o engatinhar...
A fala, as gracinhas,
Os tropeços.
 
Subtraímos o desagradável.
No falar, no caminhar, no viver...
As quedas.
 
Multiplicamos amores, vidas.
Projetos, trabalhos...
A ilusão.
 
Dividimos corpo e alma.
E numa fração de mentes...
Potencializamos esperanças...
Os sonhos.
 
Permanecemos na incógnita.
Como resolver...
A equação vida & morte?
 
Crendo apenas...
Em um amor infinito
Ainda que etéreo
Inconfesso será eternizado...
 
Célia Rangel


14 comentários:

  1. Vida & Morte, única coisa certa, um dia viemos e um dia sem menos esperar vamos, ou vai alguém que não queríamos que fosse, mas como subtrair isto de nossa vida? A morte nos leva, mas o amor será eterno! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Célia,

    Tudo bem? Gostei muito da reflexão! Penso que a crença sempre será a esperança de conviver bem com a ilusão, independente da morte ou da vida. Talvez seja o nosso conforto das páginas que não viradas.

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Célia um belo poema que nos convida a reflexão, sabe eu não costumo pensar muito sobre esta equação para mim basta ter a certeza que o Mestre sempre fará o melhor, costumo dizer que para quem confia o amanhã é uma certeza, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  4. O amor é a suavidade em busca de felicidade! abraços

    ResponderExcluir
  5. Oi Célia, o amor é a chave da alma.
    Tenha uma linda semana e um ótimo começo de dezembro, bjs!

    ResponderExcluir
  6. Achei muito bonito;"Potencializar esperanças".Sonhos. Verdade os sonhos nos trazem a esperança sobre qualquer que seja nossas desilusões. Belo Poema!
    Estou te visitando pela primeiro vez e gostei muito.
    Um grande abraço. Te seguindo.

    ResponderExcluir

  7. Olá!
    Célia...
    não teve como não lembrar de Einstein, Equação de vida e Morte, e a bomba atômica, risos.
    Penso que aceitar Deus com amor e fé, com todas as forças que passaremos inteiramente a crer no amor infinito.
    Obrigado!
    ótimo final de semana!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  8. Celia,que beleza essa matemática nessa poesia!Bjs e boa semana prá vc!

    ResponderExcluir

  9. Olá Célia,

    Creio que somente com a fé poderemos alcançar o sentido desta equação.
    Muito lindo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Como professora de Matemática que sou, confesso não ter visto operações mais belas do que essa.
    Uma poesia para a qual tiro o meu chapéu e a parabenizo.

    Beijos querida Célia.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Célia! "Equação" quer dizer que, entre uma expressão e outra, entre vida e morte, há um sinal de igual. Então um amor infinito talvez seja a incógnita que todos procuramos. Bela intuição poético-matemática! Beijos!

    ResponderExcluir
  12. "Potencializar as esperanças", esta foi a frase do dia p mim amiga, obrigado! Tenha uma linda semana! bjoooss

    ResponderExcluir
  13. Adoro reverter a matematica para a vida afetiva/efetiva/efetuada...

    Amo somar e dividir...

    'Boa Crença', minha querida! muito boa! Que essa Crença se multiplique sempre!

    bjsMeus
    Catita

    ResponderExcluir
  14. Célia minha linda amiga, primeiro comento, depois leio os outros comentarios, para não me influenciarem, já que cada um tem sua opinião.
    Lindos versos, a mim me faz pensar e repensar na vida do jeito que ela é, tenho assim como você uma consciência do tempo, de tudo o que vivemos ao longo dessa jornada e fico feliz por tudo o que vivi, creio que você também pensa assim.
    É mesmo bom pensar na vida e na morte, pois um dia todos iremos, mas nos dá sim uma certa apreensão por não sabermos o que nos espera, mas uma coisa eu tenho certeza, iremos daqui como vivemos, felizes ou infelizes, pois para "lá" levaremos nossa identidade, isso é nato em nosso espírito, que bom ter essa certeza, eu tenho, acredito que você também!
    Amiga, mudando um pouquinho de assunto, agradeço sua parabenização no meu blogue, se o desejar pegue o premio Dardos para ti, és tão ou mais merecedora do que eu!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.