quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Ceia de Vida




Na partilha do amor,
Saudade...
Flui a linguagem do olhar.
 
Interiormente, mesa posta,
Redenção...
Perdão e aceitação.
 
O pão da vida para todos,
Há fome...
De paz, de justiça, de ternura.
 
Forasteiros somos todos...
Vagueamos por espaços arenosos
Carentes de refúgio sólido.
 
Ser iluminado brilha,
Doando sua luz como diretriz
Para a evolução da humanidade.
 
Saciada a mendicância social,
Sobrevive em nós a magia
Dos amores renovados!
 
 
Célia Rangel


20 comentários:

  1. Oi Célia querida

    É em nosso interior que estão os nossos melhores sentimentos e que eles estejam muito expostos à quem quiser vê-los, sempre...
    Os seus são lindos...



    Obs.: Ainda não te falei, mas o layout do seu blog ficou maravilhoso, na minha opinião muito melhor que o anterior.

    ResponderExcluir
  2. Mudou o layout para o clássico.
    Eu prefiro estes clássicos para navegar do que os outros. Talvez por minha conexão ser lenta.
    Muito bom o seu poema, não ficou limitando-se às questões do consumismo, o blá-blá-blá que ouvimos Natal após Natal e os reclamões acabam fazendo não muito diferente. Pessoas gostam de reclamar. É.
    Como todo mundo já parece estar entrando em recesso.
    Desejo a você um Feliz Natal e um bom 2013.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
  3. "Saciada a mendicância social,
    Sobrevive em nós a magia
    Dos amores renovados!" Que verdade bonita, Célia!
    Feliz Natal.
    Jorge

    ResponderExcluir
  4. olá Célia
    Passando para te desejar Que a paz dos anjos possa abençoar você e sua família em todos os dias do próximo ano! Feliz Natal e um Ano Novo com muita luz!
    Boa festas.
    Ana

    ResponderExcluir
  5. Olá Célia.

    Saudações natalinas!

    Como era de se esperar, não aconteceu o fim do mundo, e a única previsão que vale de verdade, é o nosso desejo de um feliz natal, prefaciando a escrita de um belo ano novo. Onde a esperança e o otimismo, escrevam versos de paz e realizações; fé, determinação e perseverança. Que a poesia renovadora do bem, ecoe nos corações e mentes, acordando a alma humana para a necessária semeadura do amor e o caminhar irmanados pelo propósito sincero de um mundo melhor, mais justo, fraterno e solidário.

    Assim como não findou o mundo, que infinita seja a amizade, multiplicando-se pelos muitos novos anos que certamente virão.

    Um abração, repleto de boas vibrações e desejos de positividades, saúde e iluminação.

    ResponderExcluir
  6. Célia, um beijo no seu coração minha querida. Esse texto é um presente virtual de Natal que recebemos, creio eu, porém, com toda realidade de um sentimento real. Feliz Natal para você e família.

    ResponderExcluir
  7. Muito bonito, querida Célia! E forte! Forte de vida, de dádiva, de Amor!

    Bem hajas!

    Beijinhos natalícios.

    ResponderExcluir
  8. Feliz Natal e Próspero Ano Novo para você e todos os seus! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  9. Feliz Natal minha amiga! Belo poema! Embora os acontecimentos não estejam para festa, vamos festejar sempre o Amor de Deus em nossos corações! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Célia,

    Tudo bem? Quando o perdão não vem, os dias são longos. Que o pão da vida traga harmonia, esperança, fraternidade e amor nesse natal.

    Feliz natal com sua família.

    ResponderExcluir
  11. Lindo Celia querida.
    Agradeço seu carinho e amizade de sempre.
    Aproveito e venho desejar a você e sua família um Natal abençoado, cheio de paz, união e harmonia
    Beijos e boas festas.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Célia. Lindo o seu poema.
    Amor renovado há de ter-se sempre em nossos corações por nós e pelo próximo.
    Desejo que tenhas um natal de paz nos 365 dias do ano, crendo ser esse o espírito do verdadeiro natal e um 2013 repleto de saúde e felicidade.
    Agradeço o seu carinho e presença durante todo o ano de 2012, ou melhor, desde o ano em que iniciei com o blog em 2011.
    Obrigada.
    Seja muito feliz junto aos seus.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  13. Oi Célia...
    Lindo poema...Pão da vida para todos...
    Hoje vim agradecer por mais um ano que juntas estivemos compartilhando momentos de alegria. Espero que possamos no ano que se aproxima prosseguir compartilhando este carinho e amizade.
    Desejo do fundo do meu coração Um Feliz Natal com muito Amor, Paz , Saúde e muita Esperança...
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir
  14. Lindo poema querida!

    Venho agradecer o seu comentario em minha apresentaçao no amigo J.R. Viviani. Muito obrigada pelas palavras viu?

    "O meu desejo sincero é que todos nós tenhamos um lindo e feliz natal com a mesa bem farta e o coração transbordando de alegria e paz.
    Que tenhamos um final de ano maravilhoso e abastecido do amor de Deus.
    E que 2013 seja mais um ano cheio de amizade, boas atitudes, saúde, harmonia, musica, poesia, paz e amor no coração e muitos, mas muitos momentos felizes!
    Que possamos ter mais paixão pela vida e assim nos embriagarmos com muitas doses de felicidade!"

    BOAS FESTAS!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi Celinha, como sempre um linda poesia.
    Minha querida, vim desejar um feliz e lindo natal, cheio de benças, paz e saude.
    Bjs e otimo domingo

    ResponderExcluir
  16. Amém a cada palavra. Assim seja, amiga Célia. Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  17. Bom dia minha linda !!!!
    Esta semana passei Por aqui e li essa partilha feita com tanto amor,não deixei comentário,porque esses dias que estão chegando o fim do nosso calendário,me consume em trabalho,do qual não posso me dedicar aos amigos,do qual estimo e amo tanto,dos escritos que me faz cada dia mais comprometida no aprendizado...
    Deixo minhas desculpas,dizendo que ainda volto para desejar um FELIZ NATAL!
    HOJE DEIXO BJSSSSSSSSSS RECHEADOS DE SAUDADES !!!!!

    ResponderExcluir
  18. Com a aproximação do dia 25 de Dezembro, tempo de Natal, e, que é a maior das festas da Humanidade. As pessoas, em sua maioria, reúnem-se para comemorar e, muitas outras para agradecer. Sim, agradecer ao outro que lhe estendeu a mão, ao outro que compreendeu, ao outro que de uma forma ou de outra, prestou-lhe um auxílio, para a grandeza deste tempo que traduz-se no Dom da Vida.
    Eu, particularmente estou aqui. De uma maneira muito simples. Sem cartões, sem panetones, sem uvas. Mas, com uma Alma leve, ciente e consciente, que como ser humano, tenho feito um esforço enorme, para que seja emancipado ao o outro, o sentimento de Amizade, de Respeito, de Alegria e de Continuidade, para que o Ser Humano, torne-se cada vez mais qualitativo.
    É chegado o tempo de Natal, quero agradecer, por estarmos aqui, e, aproveito para desejar-lhe: Muita Saúde, que é o dom da alegria. Paz, e Equílibrio Espiritual. Sem estes, somos como os versos que vagam sem literatura.
    Que no Ano de 2013, estejamos juntos, e com Saúde, por que Jesus Cristo, é Senhor dos contentamentos.
    Feliz Natal, e, que este desejo estenda-se a cada um dos seus familiares.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Célia, Uma bela partilha! Desejo a vc e toda familia, um Feliz Natal de Paz e luz. Muitas bençãos e boas festas! Bjos. Obrigada pelo carinho sempre!

    ResponderExcluir
  20. Olá Célia,

    Belo poema...


    Desejo que 2013 seja cheio de paz e de muitas realizações...

    Bjos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.