segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Feliz? Quem há de...


 
Na manjedoura do meu tempo
Massacram-se anjinhos
Como celebrar nascimento
Diante de tantas injustiças
Extermínio de vidas?
Minha estrela não aponta Belém
Vai muito mais além...
Segue opaca nada ilumina
Não serve de guia para mais nada!
Meditemos por humanos
Com frenesis exterminadores...
 
Célia Rangel


14 comentários:

  1. Que triste realidade em seu poema Célia.
    Meditemos e oremos.

    Meu carinho e um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, grande amiga Célia!
    O poema é taciturno, mas contém verdade, beleza e poesia.
    Não podemos nos olvidar deste lado tétrico desta linda história, pois ainda hoje ocorrem, não só em seu berço (Belém), mas em todo mundo, tais genocídios.
    Felizmente, a poesia transforma até tristeza em arte, como neste teu poema primoroso.
    Parabéns pela virtuosidade!

    Abraços fraternos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Célia,

    Triste e pura realidade seu texto, concordo!

    Mesmo assim, dentro de mim ainda acredito que um dia tudo será diferente..


    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Celia,poesia comovente e bem forte!A realidade infelizmente é assim!Bjs e meu carinho,amiga querida!

    ResponderExcluir
  5. Tristeza hein amiga? Mas tem gente que vive alheia a tudo isto! Rezemos muito para estes anjinhos e família! Beijos

    ResponderExcluir
  6. OI Celia amiga!
    Nossa este seu texto é bem realista e comovente.
    Coisas da vida real.
    Obrigada querida por seu carinho e visita. E que venha Thiago!
    Beijos e boa quarta para você!

    ResponderExcluir
  7. Querida Célia,

    Tudo bem? O massacre das crianças dos EUA e de tantas atrocidades durante o ano, permite indagações sobre o mundo que caminha em passos desequilibrados. E mesmo que Belém esteja opaca e sem brilho, medito na esperanças de dias melhores.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. OI CÉLIA!
    DOÍDAS VERDADES CONTIDAS EM TEU BELO E SENTIDO TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderExcluir

  9. Olá Célia,

    Poema lindo, embora o tom desolador, mas retrata a infeliz realidade.

    Que seu Natal seja iluminado pelas bençãos do Deus Menino e que o Novo Ano chegue repleto de paz, saúde, inspiração e sonhos realizados.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Olá Célia.

    Vivemos tempos de artificio e hipocrisia. Mas devemos fazer brilhar a estrela da esperança, lembrar que a lei universal é de evolução. Um dia, apesar de tanta má vontade e desatinos, a humanidade recriará em cada coração, o presépio vivo, que resgatará o real sentido do natal.

    Felicidade, saúde, paz e luz.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  11. Um grito de alerta para os não Natais.
    Necessitamos de consciencialização para que o verdadeiro Natal nos banhe com a sua Paz.
    Renovo os Votos para um Santo e Feliz Natal.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  12. OLá minha querida Célia, boa noite!

    Enquanto nós terráqueos, comemoramos o Natal de Jesus, equivocadamente com nossos artifícios e ilusões, o Mestre, Irmão Maior, Guia e Modelo pra Humanidade, nos aguarda pacientemente o despertar consciencial, nesse grave momento de transição, para que façamos por merecer, continuar habitando essa esfera azul, de luz, chamada Terra!
    Gostei muito do teu poema reflexivo, porque sinaliza pra nós, o alerta da consciência pra meditarmos em prioridades nossas, nessa vida...

    Feliz Tudo pra ti Célia, muito grata por tudo!

    Bjos da LU...

    ResponderExcluir
  13. É preciso humildade para reconhecer que não fazemos ideia do que Deus está
    planejando a nosso respeito. Precisamos reconhecer que pode ser algo radicalmente
    diferente daquilo que já recebemos dele. Precisamos não esperar nada em especial para
    nos surpreender e maravilhar ao ver o que Ele fará.
    Com essa mensagem de fé esperança e amor
    venho te desejar um abençoado Natal a você família e amigos.
    De todo coração agradeço por compartilhar sua amizade comigo
    marcando sua doce presença de Natal a Natal.
    Que a festa do aniversariante seja linda e inesquecível.
    Beijos no coração e carinhos na alma,Evanir.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.