terça-feira, 11 de dezembro de 2012

No tempo das serestas

 Ilustração de Danilo Marques
http://facebook.com/joaoseresteiro
Lá se vai longe essa data!
Boêmio inveterado trabalhava com afinco durante a semana, mas finais de semana e feriados ia à forra.
Noitadas.
Com os amigos visitavam as janelas das amadas. Cancioneiros românticos embalavam sonhos das mesmas.
Importado da capital para o interior empavonava-se todo em seu terno de linho branco que trincava aos olhos de tamanha brancura e passamento impecáveis!
Dono de uma ótima voz alicerçava-se em amigos para completar o som com a autêntica viola e violões.
Lua por moldura do cenário. Cerveja como combustível. E, assim, iniciavam a romaria cantante.
A premiação, em geral vinha com baldes d’água ou conteúdos menos prazerosos atirados pelos genitores via janela afora.
Tudo bem. Não perdiam a pose de irresistíveis galanteadores.
Quando amanhecia é que retornavam, desabados, em suas camas, a fim de curarem suas homéricas ressacas.
Certa vez, indignada, sua mãe lhe pergunta: _ Afinal, o terno branco de linho retornou marrom?  O que aconteceu? A resposta veio rouca e sonora com o bocejo: _ Ah! Mãe... é que eu estava cantando sobre um barranco e vi o poste. Cansado, encostei-me ao mesmo, e para meu desapontamento, não era o poste, mas sim a sombra do mesmo. Resultado: _ despenquei ribanceira abaixo ficando imundo e precisei que me carregassem de volta para casa!
“Boemia aqui me tem de regresso”... Na certa, no céu está “serenateando” e muito. Espero que seja bem plano...
Célia Rangel.


16 comentários:

  1. Um tempo que se faz passado, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Imagens que ficam são milagres que certificam, a imortalidade da alma! abraços

    ResponderExcluir
  3. Lindo conto!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Uma história muito bonita e muito bem contada !
    Um feliz Natal

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga!!!

    Linda história,uma verdadeira ob ra de arte.Prazer poder estar aqui.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  6. OI CÉLIA!
    QUE BELEZA DE CONTO.
    INSPIRADO NOS BOÊMIOS ANTIGOS O QUE DEIXOU TEU CONTO COM UM QUÊ, DE SAUDADE...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

    ResponderExcluir
  7. kkk confundir a sombra com o poste foi ótimo, esse é o que bebeu pouco né rsrsr Abraçosss

    ResponderExcluir
  8. É uma reposição saborosa de outros tempos. Era bom, como eram divertidos os impensados acidentes.
    Belo.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  9. Oi Célia,

    Tudo bem? Aqui em Maceió temos os seresteiros da Pitanguinha. E um grupo muito conhecido na cidade e que envolve também mulheres, No carnaval, existe uma prévia a fantasia que é muito bonita. Sempre esse grupo canta nos lugares centrais as músicas de toda uma vida.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  10. Deu-me uma saudade das serenatas que eu nunca ouvi. Lembrou-me o meu avô que contava-nos a sua história de moço que corria noites e noites no lombo do cavalo para dançar nos bailes da juventude dele. Que texto que me trouxe lembranças! Puxa! Como foi bom ler isso!

    ResponderExcluir
  11. CÉLIA MINHA AMIGA QUERIDA !!!!!
    ATÉ NOS CONTOS VC ME SURPREENDE SABIA?
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  12. Fui adepto, gostava e gosto. Tem ruas melhores do que outras para cantar, dão eco, som presente. Muitas histórias, uma saudade! Faça um reparo, poeta. Cerveja não é bebida de serenata, são precisas muitas e ficariam quentes. É cachaça mesmo...
    Abraço forte,
    Jorge

    ResponderExcluir
  13. Que delícia! Tempos bons das serenatas! Nossa! As lembranças tem até cor e cheiro, era tudo com uma ingenuidade que não se tem mais hoje, e você retratou tudo de uma maneira gostosa, sem igual! Beijos

    ResponderExcluir
  14. Que história bonita! Quanta inocência!
    Beijos e Boas Festas, querida Célia!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Bom dia
    Célia
    Tudo bem?
    Vim só para:
    Agradecer por todo compartilhamento, carinho e amizade que me proporcionou em 2012.Aproveitar a mensagem para transmitir meu desejo mais positivo de tornar realidade os seus sonhos em 2013. E que possamos estar juntos na realização de todos eles. Que o Natal seja mais um momento em que as pessoas acreditem que vale a pena viver um Ano Novo. .
    Que Jesus ilumine o seu caminho hoje e sempre .
    Boas festas para você e seus familiares.
    Beijos
    Té...voltarei dia 03/janeiro/13.
    (((Não sou de fazer isso, mas, esse comentário é basicamente "copy and paste" para todos... amigos/as, parceiros/as...em retribuição aos votos...mas a presença é física... #não sou robô(risos)... e de coração...)))
    ClicAki Blog(IN)FELIZ13

    ResponderExcluir
  16. Adorei o texto, por favor, pode colocar o crédito da imagem? É um desenho meu. É uim personagem que fiz, chama-se João Seresteiro. Não estou achando ruim, só peço que coloque "ilustração de Danilo Marques". Obrigado. Segue aqui a página de João Seresteiro facebook.com/joaoseresteiro . Obrigado

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.