quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Único Caminho








 

Buscar no horizonte

A ponte do encontro entre nós.
Aproximar nossos sonhos
Para que se tornem realidade.
Assim, na volúpia dos bons momentos,
Sorver até o último afago e beijo
Embriagados, pelo prazer da vida.
Sem medos, sem regras, sem saudade,
Apenas a entrega do hoje, já que o amanhã é incógnito...
Vivamos.
E quando chegar o caminho da partida,
Unidos espiritualmente,
Partamos.

 

Célia Rangel

18 comentários:

  1. Que lindo poema Célia, viver é mesmo incógnito e temos sim que aproveitar cada momento e vivê-lo intensamente, embora nosso espírito sempre sente ou pressente algo que possa nos alertar para algo grandioso, pois acredito que a filosofia chinesa está com a razão quando diz que morrer é o momento mais sublime de nossa vida, é sinal de que pelo menos nesse momento sintamos a leveza de ter cumprido a última etapa, mais ou menos isso, li, mas não me lembro das palavras usadas e nem do autor, mas ficou a essência da mensagem!
    Grande abraço minha amiga poetisa!

    ResponderExcluir
  2. Viver o hoje somente amiga, pois é o que temos no momento, viver plenamente, para não darmos valor depois que perdermos! Belo poema! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Querida Célia, queria tanto viver o hoje, intensamente, sem me preocupar com o amanhã.
    Ainda não aprendi, mas espero conseguir essa façanha.

    Beijos de saudades.

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida, que este é o único caminho.
    Foi dito tudo, nesse belo texto poético!

    Um beijo, Célia,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  5. BOA NOITE MINHA AMIGA DAS LETRAS !!!!!
    VEJO QUE VC NUNCA SE PERDE NAS PALAVRAS ESCRITAS E MUITO MENOS PELOS CAMINHOS QUE PASSAS ...LINDO SUA FORMA DE BUSCA PELOS CAMINHOS PERCORRIDOS E OS QUE AINDA IRÁS PERCORRER ...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  6. Que lindo Célia, até me imaginei falando isso ao meu marido, rsrs perfeito! Bjooosss

    ResponderExcluir
  7. Síntese de tudo o que vale a pena! Lindo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Taí a receita de uma caminhada feliz. Lindo, Célia! Beijos!

    ResponderExcluir
  9. A espiritualidade clareia os caminhos, gostei de te ler hoje. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  10. Lindíssimo, querida! Cheio de tanta emoção... e é assim mesmo que deve ser muito terno, muito intenso e muito vivo hoje!

    Meu carinho!

    ResponderExcluir
  11. Muito bonito devaneio Celinha...bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Célia,

    Tudo bem? Entre perdas e partidas tenho aprendido sobre a libertação dos conflitos. E as vezes perdendo até a capacidade de se preocupar, vejo-me deixando as coisas acontecerem no lugar de tentar fazer acontecer as coisas por meio do meu ego.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  13. Uma visão bastante realista da Vida, Célia.
    Gosto disso, verdades admitidas, como não poderia deixar de ser, mas alguns insistem em não reconhecer o óbvio.

    Grande abraço,
    Jorge

    ResponderExcluir
  14. Celia,bonita poesia de amor!O amor não pode mesmo ter correntes,precisa desta liberdade para florir!Bjs e boa sexta!

    ResponderExcluir
  15. Querida Célia, que lindo e tocante. Eu penso que o poema retratou exatamente o verdadeiro sentido e forma de nos relacionarmos. Ainda que em realidade assim não seja na sua essência, entendo que dessa maneira deveria ser. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  16. Lindo poemazinho,adorei amiguinha,beijinhos fofinhos,excelente fim-de-semana para ti minha linda amiga,fica com os anjos!!

    ResponderExcluir
  17. Olá.
    Primeiro quero te desejar um fim de semana, legal.
    Segundo, existem pessoas, que quando comentam no meu blogue, a minha alma, alegra-se. Você, é uma dessas pessoas.
    Abraços, amaranhençados.

    ResponderExcluir
  18. Há que ser pragmático! E, para além da beleza das palavras que descrevem os momentos, há que ser pragmático. Para nosso bem.

    Beijos, Vivamos. Por enquanto.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.