quinta-feira, 7 de março de 2013

Em vida



Entrou ligeiro derrubando tudo
 
Batendo portas e janelas
Sibilante era sua voz
Que tremulava nas cortinas
Deixando cheiro de terra molhada
Pés descalços descarregando eletricidade
Amenizava o clima e a sensação de tê-lo comigo
Suavemente passeava em meu colo
Na ternura imensa do amor acontecer
Você vento – eu tempestade -
 
Célia Rangel


7 comentários:

  1. Oii Célia, obrigado pelo apoio, acho importante esse companheirismo entre os Blogs, Valeu! Qto a postagem, ontem teve um vento assim aqui em Americana, entrou na minha casa derrubando tudo, e eu adorei pois estava morrendo de calor rsrsr não fui a tempestade mas amei! rsr Bjooooss

    ResponderExcluir
  2. Uauuuu adorei..viajei em suas palavras...2 forças da natureza fortes e vivas... Assim como nós...bjs

    ResponderExcluir
  3. Celia,vento e tempestade se complementam!Linda sua poesia de amor!bjs,

    ResponderExcluir
  4. Boa noite minha amiga das letras !!!!
    Hoje alem de ler esse lindo poema ...trago minha mensagem sobre seu dia,ou nosso dia...
    Lendo sobre esse dia vejo tantos exemplos que indicam quem é a mulher num todo.Se não bastam esses exemplos para mostrar o quão forte é você como mulher,por favor ,aproveite esse dia ,olhe para si mesma e se veja,que a força faz parte da sua natureza,ela está ai bem dentro de você.
    V*I*V*A****A****M*U*L*H*E*R*******

    ResponderExcluir
  5. Olá Célia.

    Que venham bons ventos e tragam boas coisas.

    Parabéns por esse dia dedicado a lembrar que todo dia é dia da mulher. Mulher de tantas conquistas, que compartilha com o homem o protagonismo do existir, sem perder a poesia, o encanto de sua essência. Um feliz 08 de março!

    Um abração e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. Lindo, lindo, lindo, Célia! Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Célia,

    Lindo! Que a tempestade espalhe o vento e a vida seja plena.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.