terça-feira, 4 de junho de 2013

Meditando com Lenine



Paciência

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...

Será que é tempo
Que lhe falta pra perceber?
Será que temos esse tempo
Pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...

Será que é tempo
Que lhe falta pra perceber?
Será que temos esse tempo
Pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...

A vida não para...


26 comentários:

  1. Olá!Boa noite
    Célia
    Lenine...bela escolha!
    ...as pessoas estão cada vez dando menos valor a vida e as pequenas coisas, por conta da sociedade em que vivemos... quando perdemos o controle de nossas ações, mesmo o corpo pedindo por descanso o tempo não espera para nos recompor...É preciso fingir ter paciência,pois todos esperam que problemas sejam resolvido porém ninguém toma uma atitude, e fingimos não ver... acabamos tão preocupados em não perder tempo que esquecemos de enxergar que a vida é uma só, e que devemos viver cada minuto como se fosse o último...ele fez, inclusive, uma referência á música de Cazuza..."o tempo não para" E assim continuamos em ritmos acelerados, por achar que a vida é rara demais para darmos um tempo para o mundo , mas na verdade esquecemos do valor real da vida e mudamos o sentido de raridade...
    Boa semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Linda a música para se meditar sobre o tempo que precisamos. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  3. Escolha ímpar essa sua Célia.
    A letra e a melodia, nesse horário da noite em que o silêncio impera, me trouxe paz.

    Beijos com carinho.
    Que sua noite seja de paz e o amanhecer de muita luz.

    ResponderExcluir
  4. A vida não para e não há tempo a perder . Devemos viver cada dia o melhor possível , como se fosse o último dia da nossa vida !
    Linda a música !
    Obrigada pela partilha

    ResponderExcluir
  5. Que linda poesia moça! Foi lapidada pela paciência. abração

    ResponderExcluir
  6. Lenine, já representa a própria calma.
    Ouvir essa bela melodia, com tão primorosa poesia,
    nos leva à profunda meditação, faz perceber que a vida é rara...

    Um beijo, Célia,
    da Lúcia (a Bezerra de Paiva rsrs)

    ResponderExcluir
  7. Fazendo tempo pra pensá-lo, ouvindo boa canção.
    Um abraço ao tempo, que para senti-lo não precisa tempo!

    ResponderExcluir
  8. Essa música do Lenine tem mesmo uma poesia maravilhosa!Tb adoro!bjs,

    ResponderExcluir
  9. Oi, Célia! Coisa linda, essa música. Aproveitei pra relaxar um pouquinho, em meio à gripe e à correria do trabalho. Valeu. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Realmente Célia... a vida não para!
    que possamos então aproveitá-la de maneira boa e correta!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  11. A vida não para, não! Mas há que ter calma, muita calma. Só que, por vezes, é tão difícil, Célia!...
    Ultimamente, com a situação que estamos a viver no nosso país, eu ando é acelerada de mais!

    Beijinhos acelerados...

    ResponderExcluir
  12. Oi Célia
    Estou voltando! Adorei! A música é linda! E a vida é muito rara mesmo. Ótima escolha!
    Bjos. Saudades!

    ResponderExcluir
  13. Célia, amei essa música e letra, Lenine é mesmo de uma suavidade, a vida não para mesmo, temos de aprender a ouvir nossa alma, eu tento e fico sempre bem, correria não leva a nenhum lugar mesmo!
    Abraços amiga querida, tens um gosto apurado e assim soubestes escolher bem e nos presentear com essa maravilha!

    ResponderExcluir
  14. Compromissos tolos, alguns inevitáveis e uma série de mazelas diárias nos impedem de viver plenamente.
    Meu abraço,
    Jorge

    ResponderExcluir
  15. Simplesmente verdadeiro, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  16. Enquanto vida não para coração aqui dispara na doce expectativa de conseguir, com doçura, vender doces caseiros pra, com toda paciência, seguir essa vida tão rara, tão cara, tão rara...
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde, Célia. Linda composição do Lenine, que simplesmente é demais!
    A paciência é algo a ser exercido diariamente, pois para personalidades mais ansiosas, é muito difícil entender a necessidade de tê-la, uma vez que, nada acontece exatamente ou no tempo como queremos.
    Muito boa reflexão.
    Beijos na alma e paz!

    ResponderExcluir
  18. É a nossa música. Bela escolha, de muito bom gosto.
    Abraços Célia,
    que Deus ilumine seus caminhos, hoje e sempre!

    ResponderExcluir
  19. Uma bela postagem.O tempo corre mas não podemos perder a paciência. Manter a firmeza não vai segurar a vida, mas é compensador alcançar resultados, independente desse tal de tempo. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. É amiga, o corpo pede calma, pede alma.... precisamos, muito, mas quando percebemos as coisas vão acontecendo, o tempo vai passando, depressa demais e às vezes nos assustamos com a pressa que demos à alma que nos pediu a calma! Beijos

    ResponderExcluir
  21. Obrigada querida pelas indicações, isso muito me anima, alegra e inspira.

    Qto ao seu post, achei maravilhoso. Lenine e suas belas canções.

    A paciência é uma arte a ser desenvolvida e praticada, é também dom de Deus que devemos sempre almejar com firme propósito de não sermos consumidos pelo imediatismo do tempo moderno e atribulado que vivemos.

    Com carinho, Sandra!

    ResponderExcluir
  22. BOM DIA!
    PASSANDO PARA DIZER QUE DESDE MEU ANIVERSÁRIO,ESTOU FORA DA NET,SÓ CURTINDO OS CARINHOS QUE RECEBI E QUE AINDA ESTOU RECEBENDO ...GRATA PELO SEU ...VALEU !!!!
    BJS E ATÉ MINHA VOLTA !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Célia, ótimo fim de semana pra vc e sua família!

    ResponderExcluir
  24. A vida não pára e torna-se mesmo muito rara,concordo com este pensamento. A vida é curta demais e não pode ser desaproveitada,portanto vive-a da melhor forma possivel,é o que eu te desejo.

    ResponderExcluir
  25. Lenine é um grande cara, um grande artista brasileiro, uma enorme referência em meu projeto musical tb. Convido todos aqueles que tb acham o trabalho do cara muito interessante, a darem uma olhada no meu trabalho.Obrigada e salve Lenine!

    ResponderExcluir
  26. Lenine é um grande cara, um grande artista brasileiro, uma enorme referência em meu projeto musical tb. Convido todos aqueles que tb acham o trabalho do cara muito interessante, a darem uma olhada no meu trabalho.Obrigada e salve Lenine!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.