sexta-feira, 7 de junho de 2013

Velando Amores

 
 
Namorando minha vida

Agora converso com você

Que me criou como a uma estrela

E toda noite com magia

Tatua-me com a ilusão da plenitude

Seus anjos trouxeram-me a mensagem

 Na divagação dos sonhos eternizados

Que em qualquer futuro ou, no agora

Um amor maior encrustado na cratera lunar

Seria minha sublime inspiração, não revelada

Apenas, sentida no desvelo das carências

E, na necessidade do cuidar

Com sensível generosidade

Perpetuaria amizades e amores

Em um ‘te amo plural’ repleto de vida

 

Célia Rangel

 

 

 


28 comentários:

  1. Lindíssimo poema amiga Célia, "...Perpetuaria amizades e amores em um "te amo plural" repleto de vida."
    Que sensação boa senti ao ler e agora ao refletir me vi assim, amando sem fim,pois creia ou não a amizade virtual é bem mais valiosa, pois há uma linda integração de entendimento.
    Dizem que vemos no outro o que somos, eu me amo e sendo assim amo a todos com a mesma intensidade, mas há pessoas que mesmo que queiramos amar não conseguimos, ficamos indiferentes,digo aqui que me sinto feliz e agradecida à Vida por ter amigos, principalmente uma amiga assim como você!
    Aqui leio com prazer, com reflexão, aprendendo a cada vez a perceber sua grandeza de alma, te quero muito bem!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Poesia e amor,em beleza plena!
    Os amores enraizados, serão eternamente velados.
    Parece até que a magia cresce, com o passar do tempo...

    Uma belíssima poesia, Célia, harmoniosa e singular, como você.
    Um maravilhoso final de semana, amiga . Beijos, da Lúcia

    ResponderExcluir
  3. Olá!Boa noite
    Célia
    Muito lindo,mesmo!
    Deixo lhe:
    Queremos retornar o trajeto dentro da perspectiva de um novo olhar, vivido e percebido pela experiência e com isso buscar o caminho mais saudável, coerente para com os nossos mais autênticos desejos.
    Vamos nos cuidar?!
    Vamos nos permitir sem tantos medos?!
    Queremos tanto viver melhor, queremos paz no coração.
    Sentir o calor de uma amizade verdadeira, da cumplicidade do olhar cheio de ternura. Sermos escutadores da alma que pede acalanto e ajuda! Percepção de aconchego,
    Retorno do eco de se fazer ouvir.
    Obrigado pelo carinho da visita
    Bom final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. E este amor e sonhos eternizados fizeram de você uma poetiza, que nos presenteia com estas maravilhas que cantam este lindo Amor!

    ResponderExcluir
  5. " Perpetuar amizades e amores ..."
    Que Poema tão lindo !Gostei muito.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Célia.

    Enamorar a vida, aproveitar a dádiva do viver para eternizar amizades, transcender afetos, degustando a infinita poesia do existir.

    Um abração e um bom fds.

    ResponderExcluir
  7. Celia,esse amor universal é o mais puro e verdadeiro!Muito linda sua poesia!bjs,

    ResponderExcluir
  8. Célia,

    Tudo bem? Um poema com maturidade e sabedoria. Velar a vida é necessário para auto estima e para desfrutar a existência de forma mais real e verdadeira, enganando as dores e festejando os dias.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. "Te amo plural" dispensa qualquer outra revelação de amor. A vida deve ser amada dessa forma mesmo, porque ela e singular, e a poetisa Célia: ímpar!
    Rita Lavoyer

    Vê se me pareço com anônima!? afff!
    vai entender esse meu computador...

    ResponderExcluir
  10. Com saudade venho desejar um Domingo na paz de Jesus.
    Um encontro de carinho para desejar um lindo Dia,
    Beijos no coração carinhosamente ,Evanir.

    ResponderExcluir
  11. Depende da lente dos nossos óculos a beleza da vida, bonito poema sobre o amor à vida. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir

  12. Olá querida amiga poetisa ,vim retribuir sua carinhosa visita e encontrei esse lindo poema!!!Amei!

    Obrigada por compartilhar seu lindo talento!!!

    Beijos Marie.

    ResponderExcluir
  13. Célia, sempre nos presenteando com suas belas poesias!
    Abençoada semana.

    ResponderExcluir
  14. Um belo poema que ressalta, para mim, a forma de se olhar a vida. Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Maravilha de poema, Célia. Que as noites, estrelas e luas continuem a inspirá-la. Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Ola amiga vim agradecer o carinho de sua presença lá no meu cantinho muito obrigada. tenha uma linda semana. Abraço amigo.
    Alice

    ResponderExcluir
  17. Pra mim, esse poema tem um quê de oração, Célia. Mas daquelas orações que só a sabedoria permite. Sem pedidos e súplicas. Apenas a gratidão de quem reconhece a beleza de seu projeto divino. Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Celia! Hoje vim reler suas poesias e agradecer sua visita!bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde, Célia. Um belo poema.
    A felicidade dá para ser sentida na criação tão ampla, no diálogo com o Criador, que emana amor, distribuindo a todo ser.
    Você soube absorver a magnitude da beleza da vida vivenciando suas nuances.
    Beijos na alma e paz!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  20. Célia, um grande beijo no seu coração! Como sempre, sua poesia nos encantando o coração e fazendo sorrir nossas almas.

    ResponderExcluir
  21. Um "te amo plural" para si, Célia, que é tão sensível e humana!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Que esse amor universal seja sempre como uma estrela brilhante a iluminar eternamente o seu caminho. Lindissimo poema.
    Beijinhos
    MAria

    ResponderExcluir
  23. "Perpetuaria amizades e amores"... Belíssima postagem Célia!
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  24. Oii Célia, é um prazer estar aqui novamente me encantando com suas poesias! Em algum lugar lá no céu brilha uma estrela que amarei eternamente, espero um dia estar ao lado dela! Bjoossss

    ResponderExcluir
  25. Oi Célia
    Nossa que belo e profundo poema. Adorei!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  26. Maravilhoso Célia de extrema sensibilidade e sentimento.

    Deixo-lhe o meu carinho em versos de amizade...

    Obrigada Amiga,

    O seu carinho nos meus dias,
    São como flores deixadas
    Na janela da minha alma
    Exalam sua amizade no meu coração
    Com um cheirinho gostoso de amor!

    Suas palavras são como flores
    Que enfeitam meu âmago
    E espalham a fragrância
    De uma essência única: Você!

    (Regilene Rodrigues Neves)



    ResponderExcluir
  27. Olá Célia,

    Que inspiraçao foi essa?...

    Que maravilha de texto....

    Bravo

    Bjos

    ResponderExcluir
  28. Oi querida,
    Que coisa linda teu poema de amor! Engraçado, nem me lembro quando escrevi meu último. Mas é bom saber que outras pessoas continuam amando e falando de amor, aquece o coração da gente. Quanto ao sonho da pousada, juro por Deus, era tudo o que eu queria realizar nesse momento. A Tainá disse que faltaram redes, por isso vou providenciá-las no sonho, a sua será cor de rosa, com uma linda varanda de crochê. Beijos meus e da Tatá.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.