terça-feira, 2 de julho de 2013

Podemos...

 

"Declaração dos direitos do homem e da mulher à Existência" 

Todo ser vivo, sem distinção de idade, sexo, raça, nacionalidade ou religião, tem o direito de:

* experimentar o que se está experimentando

* sentir profundamente o que se está sentindo

* desejar o que está desejando

* imaginar o que está imaginando

* sonhar o que está sonhando

* pensar o que está pensando

* esperar o que está esperando

* encontrar quem encontra

* se exprimir com suas próprias palavras

* e caminhar em seu caminho conforme o seu ritmo.

Por consequência, todo ser vivo tem o direito de ser reconhecido, respeitado e confirmado naquilo que experimenta, sente profundamente, deseja, imagina, sonha, pensa e  espera, em seu próprio caminho e conforme seu ritmo.

(Jacques Salomé - Cativando a Ternura - pág.:105)

Célia Rangel

13 comentários:

  1. Bom dia, Célia. E isso para mim, chama-se usufruir da liberdade que todo mortal possuiu.
    Todos merecemos e precisamos ser vistos pela sociedade num todo e pelas pessoas ao nosso redor!
    Beijos na alma e um excelente mês de julho!

    ResponderExcluir
  2. Isso é um tapa na Constituição Brasileira , no seu artigo 5º, que vem sendo descumprido desde quando a Constituição existe. Bravooooo!!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Célia. Chamo a isto de liberdade. Muito bom!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia minha linda amiga, gostei da nova foto!
    Sua postagem muito anima os que se encontram desanimados, pois é, em alguns momentos das vidas das pessoas acontecem os desânimos, em meu caso percebo logo que são sentimentos energéticos de massa, portanto reajo logo, mas nem todos reagem do mesmo jeito e aí é que fica perigoso entrar em depressão.
    Amiga, amei ler aqui, sim, vamos "Cativando a Ternura"!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Célia! Por incrível que pareça, tem gente que se acha no direito de patrulhar até os sentimentos alheios. Empregam frases do tipo "Você não pode se sentir assim. Pare com isso imediatamente!" Nem imaginam o mal que fazem. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. O respeito é tão importante né amiga! Respeitar a religião do outro é mais difícil acho, mas devemos sempre exercitar! abração

    ResponderExcluir
  7. Oiii Célia, adorei, tem horas que as pessoas querem nos impedir de exercer alguns desses direitos! Meu marido é mestre de ficar perguntando o que eu estou pensando kkkk se fosse p falar eu falava não pensava né rsr Bjoooooooss

    ResponderExcluir
  8. Oi Celia, podemos tanto e tantas coisas boas.
    Lindo post.
    Bjks e otima semana.

    ResponderExcluir
  9. Oi Celia!
    Cheguei aqui finalmente! Vi que me deixou recados carinhosos e eu sem tempo para retribuir...
    Olha fico feliz com sua amizade!
    E este post é o retrato da liberdade que todo cidadão necessita.
    Grande beijo amiga

    ResponderExcluir
  10. 500% de acordo amiga!!!
    Pena que na pratica assim não seja....
    beijo
    anacosta

    ResponderExcluir
  11. Assim é e assim deve ser!

    Beijinho, Célia!

    ResponderExcluir
  12. Que sábia msg e vou anotar o nome do autor,pois adorei o jeito dele dizer as coisas.bjs,

    ResponderExcluir
  13. Lindo isso, e chama-se respeito pelo outro. Mas infelizmente não é bem assim, maravilha se fosse, né?! O ser humano é muito complicado. Indecifrável!

    Beijos, Célia!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.