sexta-feira, 18 de outubro de 2013

É tão pouco...



Pouco, muito pouco, é o muito,

De Introspecção para melhor conhecimento.

De Ternura para acalentar os dias.

De Prazeres para desfrutar as noites.

De Confiança Suprema para não desanimar.

De Esperança tecida em fios e palavras.

De Cores Celestiais para sonhar a vida.

De Uma Íris que reflita além das aparências.

De Fé contagiante para total entrega na aceitação de tudo,

Do que ainda se lapida, e do que  exposto está na Cumplicidade,

Minha / Sua / Nossa – Amigos (as) de Sempre...

Simbologia de um Viver e se Apaixonar...


Célia Rangel.

7 comentários:

  1. Muito lindo Célia!
    Passei para te desejar uma ótima tarde. e dizer que seu texto é uma reflexão, para a vida, muito bem elaborada viu? Parabéns!

    Uma sexta-feliz!

    bj
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  2. Olá Célia, eu adoro esta frase de Mário Quintana, realmente a felicidade pode ser muito simples, hoje por ex felicidade p mim seria não ter uma mala enorme de roupas p passar kkk afff! Bjinhosss e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Célia! Hoje estou feliz por algo que até ontem me parecia pouco: meu provedor de internet voltou a funcionar decentemente. :) Vivaa!!! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Que linda mensagem amiga Célia, sua e de Mario Quintana, a felicidade está na simplicidade, seus versos nos mostra o quão pouco se precisa para viver bem e feliz mesmo, amo ler seus escritos minha amiga sensível!
    Beijos e tenhas um lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Belo alvorecer querida !
    Velando teu sono digo que bela reflexão ...
    bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  6. Olá, bom dia.

    Hum, vim ao teu espaço, para lhe desejar um fim de semana bom. Com sol. Sorridente. Com muita Paz Espiritual. Que a compreensão seja a continuidade de uma vida, com paz, sonhos e esperanças. Sempre.
    Bom tempo de verão, para quem está na região Sul, Suldeste, Centro Oeste e outras, precisa adiantar o relógio, e para quem não está nessas regiões. Contentamentos, por que Vida segue, sempre e sempre.
    Abraços, abraçados.

    ResponderExcluir
  7. Belo poema! Que facilidade para brincar com as palavras e fazer delas algo agradável para lermos! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.