segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Minha Criança

 
 
  A criança que existe em mim
 
Quer brincar, rir
Ser feliz, despretensiosa
Nenhum compromisso.
 
Quer ser Peter Pan, Cinderela,
Príncipe, Duende, Fadinha
Bruxa, Chapeuzinho Vermelho,
Branca de Neve, Emília, Dona Benta...
 


Cantar as cantigas de roda
Jogar amarelinha, pique-pega...
Lambuzar todinha de doces,
 
Picolés e pirulitos de calda queimada,
Pipocas...

Rir com os palhaços no circo...
Prender a respiração com o globo da morte!



Quer ruas livres e correr com meus amigos.
Andar de rolimã e bicicleta sem medo algum.
Essa criança que existe em mim,
Com papai e mamãe – uma família -
Deveria existir em todos nós...
Pura... Infantil...
 Livre... Autêntica...
 Risonha... Feliz!
 
 
Célia Rangel
(imagens - Google)

14 comentários:

  1. Por certo hoje você brincou com a sua neta, está encantadoramente feliz. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite minha querida amiga das letras !
    Que bom quando podemos acordar e brincar com a criança que existe dentro de nós...
    bjs de boa noite !

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Célia. Muito legal a postagem. Essa criança dentro de você e de cada um de nós, deve permanecer viva para sempre, isso sim, sem o preconceito da idade, que já passamos da hora de agirmos de um modo mais lúdico.
    Quisera que o seu poema fosse totalmente real em seus quereres, mas no que depender do nosso coração, ele pode e deve ser real.
    Parabéns!
    Beijos na alma e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  4. Linda tua criança....Não podemos nos perder delas! beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Que criança maravilhosa, cheia de sonhos, quem sabe pode voar? ser Peter Pan? abraços

    ResponderExcluir
  6. Que deliciaaaaaa....precisamos SEMPRE dar espaço para nossa criança interior...a minha sente cheiro de:giz de cera, estojo de madeira, torta doce da vovó Thereza, boneca nova, pena de pata, lancheira de plastico, bolacha com recheio de limão, perfume da mamãe e tantos outros cheiros.... ;)

    ResponderExcluir
  7. É bom conservar sempre vivo algo de criança em nós, sim

    Tudo de bom

    ResponderExcluir
  8. Célia, eu adorava andar de carrinho de rolimã. Que boa lembrança você trouxe! Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Hoje vim agradecer sua visita!!

    Desejar sucesso sempre, e deixar uma frase que gosto muito!!!

    A Verdadeira coragem é Ir Atrás De Seus Sonhos Mesmo Quando Todos Dizem Que Ele é Impossível.

    ( Cora Coralina )


    Bjussss eternos!!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  10. Celia,poesia delicada e me encantei com toda a leveza da infância!Bjs,

    ResponderExcluir
  11. Estoy totalmente de acuerdo contigo, Celia. La infancia es un periodo
    que hay que mimar y cuidar muchísimo !!!
    Abrazos.

    ResponderExcluir
  12. Será que esta criança que existe em você, ou em nós, desta época gostosa, existe hoje? Éramos felizes com tão pouco né? Beijos

    ResponderExcluir
  13. Que nossa luta para preservação da nossa criança não termine nunca, para continuarmos vendo as belezas da vida!

    ResponderExcluir
  14. Ela não desaparece, mas costumamos escondê-la. Bjs.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.