quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Reflexão Educacional


Verdades da Profissão de Professor

Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.

A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.

Paulo Freire

Paulo Reglus Neves Freire foi um educador e filósofo brasileiro. É Patrono da Educação Brasileira. Paulo Freire é considerado um dos pensadores mais notáveis na história da Pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica. Wikipédia

Nascimento: 19 de setembro de 1921, Recife, Pernambuco.

Falecimento: 2 de maio de 1997, São Paulo, São Paulo

8 comentários:

  1. Ensinar: Uma tarefa às vezes bastante complicada. Acho que é uma via de mão dupla, o ensinar e o aprender. Bom dia, Célia.

    ResponderExcluir
  2. Ao aluno é imprescindível segurança e alimento às suas qualidades naturais: ao que parece, não temos ambas necessidades! abraços

    ResponderExcluir
  3. Missão difícil que é lecionar... e ainda mais ensinar!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. A educação cabe aos pais, mas muitos ai acreditam que a escola tem esse poder de educar tb.
    Fato é que a escola nem consegue ensinar os conteúdo, imagina educar.
    E fala a verdade Célia, tem tanta criança sem educação por ai rs...
    Eu trabalho com crianças na igreja que frequento e só por Deus.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Ai, Célia, fiquei tão triste de ver policiais atacando professores. Acho que as duas categorias chegaram ao fundo do poço. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Linda menção a este tão nobre homem!
    Apesar de portuguesa conheço algumas das suas obras e tenho como referência o livro que mais me marcou: Pedagogia do oprimido...
    bj
    anacosta

    ResponderExcluir
  7. OI CÉLIA!
    MUITO PERTINENTE TUA POSTAGEM.
    VENDO OS MOVIMENTOS DOS PROFESSORES PELO BRASIL AFORA, VEIO-ME À MENTE, TEMPOS EM QUE UM PROFESSOR ERA TRATADO COM DIGNIDADE E RESPEITO E JÁ FOI ASSIM NO BRASIL.
    PENA VERMOS AGORA,ESTA CLASSE DE TRABALHADORES/EDUCADORES, TÃO IMPORTANTES, SENDO HUMILHADOS POR GOVERNOS QUE NÃO LHES DÁ O DEVIDO MÉRITO.
    ABRÇS http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Andando pelo seu blog achei esse post bem interessante quando você diz: "poucos pais desejam que seus filhos sejam professores". Que verdade! Há anos muitos queriam que seus filhos fossem professores. Podiam não ganhar muito, mas eram muito valorizados e respeitados. Que pena...
    Mas infelizmente o país deu uma guinada. Pra pior.

    Beijos, Célia.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.