sábado, 19 de outubro de 2013

Vinicius...

 

 

 

 

 

 

 

 

A hora íntima

Rio de Janeiro , 1950

Quem pagará o enterro e as flores
Se eu me morrer de amores?
Quem, dentre amigos, tão amigo
Para estar no caixão comigo?
Quem, em meio ao funeral
Dirá de mim: - Nunca fez mal...
Quem, bêbedo, chorará em voz alta
De não me ter trazido nada?
Quem virá despetalar pétalas
No meu túmulo de poeta?
Quem jogará timidamente
Na terra um grão de semente?
Quem elevará o olhar covarde
Até a estrela da tarde?
Quem me dirá palavras mágicas
Capazes de empalidecer o mármore?
Quem, oculta em véus escuros
Se crucificará nos muros?
Quem, macerada de desgosto
Sorrirá: - Rei morto, rei posto...
Quantas, debruçadas sobre o báratro
Sentirão as dores do parto?
Qual a que, branca de receio
Tocará o botão do seio?
Quem, louca, se jogará de bruços
A soluçar tantos soluços
Que há de despertar receios?
Quantos, os maxilares contraídos
O sangue a pulsar nas cicatrizes
Dirão: - Foi um doido amigo...
Quem, criança, olhando a terra
Ao ver movimentar-se um verme
Observará um ar de critério?
Quem, em circunstância oficial
Há de propor meu pedestal?
Quais os que, vindos da montanha
Terão circunspecção tamanha
Que eu hei de rir branco de cal?
Qual a que, o rosto sulcado de vento
Lançará um punhado de sal
Na minha cova de cimento?
Quem cantará canções de amigo
No dia do meu funeral?
Qual a que não estará presente
Por motivo circunstancial?
Quem cravará no seio duro
Uma lâmina enferrujada?
Quem, em seu verbo inconsútil
Há de orar: - Deus o tenha em sua guarda.
Qual o amigo que a sós consigo
Pensará: - Não há de ser nada...
Quem será a estranha figura
A um tronco de árvore encostada
Com um olhar frio e um ar de dúvida?
Quem se abraçará comigo
Que terá de ser arrancada?

Quem vai pagar o enterro e as flores
Se eu me morrer de amores?

8 comentários:

  1. Linda poesia e bela homenagem pra data de hoje! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. BOA TARDE QUERIDA !
    HOJE VENHO TRAZENDO UM CONVITE ESPECIAL.
    ESTOU NO BLOG DA AMIGA CATIAHO ALCANTARO
    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/
    COM UMA MATÉRIA MUITO PROPICIA PARA NOSSOS DIAS ATUAIS,UMA ALERTA PARA NOSSA SAÚDE ...SE POSSÍVEL PASSA POR LÁ ,QUE FICO IMENSAMENTE AGRADECIDA .
    E AQUI COMO SEMPRE ,ALÉM DOS SEUS ESCRITOS AINDA ENCONTRAMOS GRANDES HOMENAGENS .
    BEIJOS COM SABOR DE FINAL DE SEMANA!

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga,
    Que saudades Vinícius faz!
    Beijos e bom fds!

    ResponderExcluir
  4. Olá!Boa tarde
    Célia
    ... uma verdade, irônica, muitos poderão acompanhar nosso "enterro" e expressar seus sentimentos,mas só aos íntimos, caberá a responsabilidade de pagar as flores e os encargos do enterro
    "causa mortis" lírica: morrer de amor. Assim são os poetas. Só nos cabe lê-los, entendê-los e amá-los.
    acabei de escrever num comentário que, Vinicius mesmo , como constante, um lirismo de força e pureza, me "ensinou" que é importante uma renovação temática e formal de escrever ... sempre temos momentos de ruptura na obra e na vida... Vinicius é titular no meu time dos grandes poetas.Belo post e homenagem!
    "♪A vida é pra valer, a vida é pra levar, Vinicius, velho, Saravá!♪". Chico Buarque de Holanda e Toquinho
    Agradecido pelo carinho!
    belo final de semana
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Grande poeta, grande autor, grande cantor! Muito bom! Ainda me lembro de o ver/ouvir a atuar cá em Lisboa com o Chico Buarque e outros belíssimos cantautores do vosso/nosso Brasil daqueles tempos!

    Beijos. Saravá!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite !
    Poetisa de muitos ...aproveite seu dia para ganhar os elogios merecidos...
    Que possas ser visto por todo o mundo poético...
    Ser um poeta é muito mais que fazer versos.
    Poeta vê, além da terra, o céu profundo,
    e, no infinito, tantos astros submersos.
    Também imita o próprio Deus, Poeta fecundo,
    nas suas páginas mais lindas, no universo,
    no belo e magno poema deste mundo.
    FELIZ DIA DO POETA !

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Célia. Quem? é a pergunta que sempre fazemos para nós mesmos se algo nos acontecer no âmbito emocional, quem estará conosco, o que dirá e o que fará.
    Só que para essas perguntas não teremos respostas, uma vez que o ser humano é muito surpreendente, podendo ter reações opostas ao que pensamos.
    Sem dúvida, este foi um poema de Vinícius intrigante, que está bem vivo em nossa memória quando as incertezas e os medos vêm, e perguntamos quem estará conosco.
    Quem deixará de viver a sua vida tão somente, se doando um pouco para
    nós?
    Belíssima homenagem!
    Adoro Vinícius, para mim, ele é imortal.
    Beijos na alma e lindo dia!
    Tudo de bom para você.

    ResponderExcluir
  8. A maioria dos meus amigos poetas gostaria de ser Vinícius. Eu aceitaria, de bom grado, 10% de seu romantismo. Beijos, Célia!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.