segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Invasão de Sentimentos





















... de repente uma névoa escura

encobre alegrias

perdura assim o amargo

sabor da saudade

que jamais será adoçada

com o abraço meigo do olhar

pelo vazio em que se foi

nunca mais o preencheu...



Célia Rangel

11 comentários:

  1. Bom dia amiga Célia, quando alguém precisa "ir", temos de deixar, a vida tem seus propósitos, cada qual tem seu tempo predeterminado ou não, depende das condições, isso muitas vezes nos faz ficar eternamente, enquanto por aqui, presos a saudade, essa que dói e muito, mas quem se foi tem de seguir em frente, nós todos temos de seguir, é assim!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  2. A vida é um ir e vir, um vir e ir.
    Isso é bom demais, por que já pensou se vem só coisa ruím?
    Gosto desse ir e vir e deste vir e ir.
    Lindo seu poetar querida Célia!
    Grande beijo em seu coração.

    ResponderExcluir
  3. A vida às vezes é só desalento... resta-nos até dele tirar inspiração. Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  4. Conheço bem essas ondas de tristeza que, de vez em quando, nos engolfam, Célia. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá querida Célia, interessante como de repente pode mesmo chegar esta névoa e encobrir nossas alegrias, está tudo bem e de repente um acontecimento muda tudo, ôo vida complicada rsrs Bjoosss

    ResponderExcluir
  6. Oi Célia,

    Um texto bem nostálgico.
    A vida ora nos dá presentes/momentos valiosos e ora os leva de volta. É difícil acostumar-se com as perdas, sejam de que tipo for, mas inevitável. Somente assim a névoa escura se dissipará, dando lugar a novas alegrias.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. 'Nunca mais' é muitas vezes o pior sinônimo para saudade... lindo poema!

    ResponderExcluir
  8. É apenas uma névoa. logo passa, vais ver...

    Até lá, deixo-te o meu beijinho.

    ResponderExcluir
  9. As névoas existem para valorizarmos o clarão.
    Vim deixar o meu abraço e agradecer o carinho de sempre Célia.
    Sempre bom te ler!
    Abs
    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
  10. Olá Célia faz algum tempo que não venho tomar
    um cafézinho, hj vim e te parabenizo belo belo escrito
    Sempre com bom gosto..

    Abraços de sempre.....Bjussssss

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  11. Duas verdades, Célia. A sua e a de Van Gogh.
    Abraço.
    Jorge

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.