sábado, 11 de janeiro de 2014

Percepções
















No vendaval de afetos
Ouço sons que você deixou.
Encanto que revivo,
Na simplicidade que você habitou.

A sua missão de desvelo,
Em nossa sintonia amorosa,
Penetrou todo meu ser
Na volúpia do prazer.

Um coração calmo
Que batia silenciosamente,
Para que o meu amanhecer
Fosse marcado por imensa saudade.

Refaço todo um caminho
De comunhão espiritual em seu mundo,
Abrigando na janela do meu olhar, as esperas,
De um tempo germinado em ternuras.

Deito-me no rio de bênçãos divinas,
Que na magia da eternidade,
Supera íntimos desafios
Convertendo-me em oferenda aos oceanos famintos.


Célia Rangel

9 comentários:

  1. Linda e profunda inspiração,Célia!bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  2. Bacana Célia! Você começa o ano com lindas inspirações. Vamos passar mais por aqui para encher a vida de poesia e graça.
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema Célia, Vendaval do Afeto.Como sempre escreves divinamente.
    Grata pela visita, volte sempre, aquele cantinho é nosso.
    feliz final de tarde!
    Paz e Harmonia e que Jesus ilumine seus passos, hoje e sempre.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Minha querida

    Como sempre um poema com as emoções à flor da pele e que adorei ler.
    feliz 2014, pleno de amor e paz.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  5. Oi Célia querida, que linda poesia, eterna saudade! Adorei!
    Beijos e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Célia.

    Um belo poema, revirando o atemporal baú das lembranças.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Comovente, Célia! Esse poema conseguiu mexer comigo. Uma delicadeza! Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Estava sentindo falta das suas poesias de Amor e Saudade! Belo poema!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.